Arquivo da tag: Space Invaders

Lunar Rescue para MSX (e parentes próximos)

Em desenvolvimento, e já bem avançado, por Tony Cruise do canal Electric Adventures. Este jogo clássico da Taito apareceu nos fliperamas brasileiros ao mesmo tempo que o Space Invaders (embora seja um ano mais recente). Na verdade, foi o primeiro jogo dotado de microprocessador no qual este humilde escriba botou as mãos sujas, lá pelos idos de 1979.

A adaptação para a tela horizontal e a adição de cores ficaram, na minha humilde opinião, muito boas.

A ideia é lançar simultaneamente versões para MSX1, ColecoVision e SVI-328, três arquiteturas muitíssimo parecidas. Nos comentários do YouTube sugeri incluir Sega SG-1000, igualmente similar, e o Tony mostrou-se aberto à ideia. Aguardamos ansiosamente a versão final.

(Via Clube MSX)

Episódio 111 – Dossiê Space Invaders – Parte B

retrocomputaria_vitrine_570x190

Bem-vindos ao episódio 111 do Retrocomputaria.

Sobre o episódio

Um episódio 100% dedicado a esses caras aí:

https://openclipart.org/detail/169454/space-invaders-by-rones

Nesta parte do episódio

Não deu tempo de acabar de listar todas as versões e sequencias na parte passada, então acabamos nesta parte.

E, finalmente, falamos das variações e de todos os shooters, ou mata-marcianos para os hispanohablantes, surgidos depois e a partir do Space Invaders.

Links do podcast

Música de fundo

Sei lá, estamos destruindo os alienígenas da fase…

Ouvindo este episódio offline

Baixe o ZIP, descompacte e ouça com seu tocador de música preferido.

Onde este episódio (e todo o Retrocomputaria) está disponível

Os episódios do podcast estão, como todo o conteúdo do Retrocomputaria, em muitos lugares: Spotify, YouTube, Google Podcasts, Apple Podcasts, Deezer e, usando nosso feed RSS, qualquer programa para escutar podcasts.

Seu comentário é o nosso salário

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

Episódio 111 – Dossiê Space Invaders – Parte A

retrocomputaria_vitrine_570x190

Bem-vindos ao episódio 111 do Retrocomputaria.

Sobre o episódio

Um episódio 100% dedicado a esses caras aí:

https://openclipart.org/detail/169454/space-invaders-by-rones

Nesta parte do episódio

Contamos a história da Taito (não esquecemos da parceria com a Midway), da Taito no Brasil e do “pai” Tomohiro Nishikado.

Com tudo isso pra lá, finalmente falamos dos aspectos técnicos de Space Invaders, do impacto do jogo no mercado de arcades, das versões e sequencias.

Links do podcast

Música de fundo

Sei lá, estamos destruindo os alienígenas da fase…

Ouvindo este episódio offline

Baixe o ZIP, descompacte e ouça com seu tocador de música preferido.

Onde este episódio (e todo o Retrocomputaria) está disponível

Os episódios do podcast estão, como todo o conteúdo do Retrocomputaria, em muitos lugares: Spotify, YouTube, Google Podcasts, Apple Podcasts, Deezer e, usando nosso feed RSS, qualquer programa para escutar podcasts.

Seu comentário é o nosso salário

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

Não era minha ideia postar isto. Fui coagido.

Estávamos conversando no chat, eu, Ricardo Pinheiro, e Giovanni Nunes. Os outros dois diretores estavam offline. O assunto era linguagem C. O Ricardo falou algo e eu respondi uma gaiatice com uma letra de música. Qual, não vem o caso. Aí começa a coação: o Ricardo quis que eu publicasse a gaiatice aqui no blog.

Eu argumentei que só tinha duas estrofes. Só admitiria publicar se estivesse completo, como aquela outra que eu fiz anos atrás e que nunca viu a luz do dia. Aquela do Raul.

Aí o Ricardo exigiu, peremptoriamente, que eu publicasse aquela. Não tive mais argumento pra recusar. Então lá vai.
Continue lendo Não era minha ideia postar isto. Fui coagido.

Repórter Retro 039

O Seu Repórter Retro

Bem-vindos à edição 39 do Repórter Retro.

Links do podcast

Música de fundo

Músicas sortidas

Outras formas de ouvir

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

Port do dia: Space Invaders de arcade para CoCo 3

Sim, isso mesmo. Glenn Hewlett pegou o fonte do arcade Space Invaders, em Intel 8080, e traduziu para o 6809, para rodar no CoCo 3. E um pouco de código explicado.

Foto histórica que não está no livro de história!

Ou, ao menos, ainda não está. Esta é uma foto do campeonato nacional de Space Invaders realizado nos EUA pela Atari em 1980, no qual Burger Becky foi campeã!

The National Space Invaders Championship held by Atari in 1980

Diretamente extraído da publicação quase homônima — a “27 Historical Photos You Won’t Find In Your History Books” do ViralWorld.Net!

( Apple II Enthusiasts do Facebook )

“Pixels”, a resenha.

pixelsSe você está lendo esse texto aqui, saiba de cara que Pixels vale ser visto por 2 motivos: Michelle Monaghan e as toneladas de referências a jogos, muito mais do que foi visto em Detona Ralph. Mas se você tem repulsa a Adam Sandler (justificável, aliás) ou deseja ver uma história minimamente plausível, então desista.

Animado para ler um pouco mais sobre o filme? Clique aí embaixo, mas já vou avisando, tem spoilers para encher baldes.

Continue lendo “Pixels”, a resenha.

Porque emulação de hardware clássico nunca é pouco.

8080_emulator

Depois de terem emulado de tudo por aí, agora emularam um microcomputador baseado no Intel 8080 (sim, o “pai” do Z80) em um Stellaris Launchpad, que é um kit de desenvolvimento ARM Cortex M4F feito pela Texas Instruments (uia). Esse, em particular, tem 64 Kb de RAM (que faz uso do barramento SPI), uma telinha LCD do tipo TFT e uma entrada de cartão SD.

O que tem emulado por lá? Bem, o autor, não contente em emular um hardware, emulou vários. Então tem um UK101/Superboard, uma máquina CP/M-80, um Commodore PET e um Apple-1 (como não podia deixar de ser)

E para não deixar passar, o autor ainda implementou o hardware da máquina de arcade original do Space Invaders no projeto.

Gostou da ideia? Bem, no Hackaday tem mais informações sobre o projeto. E já falei que dá para jogar Space Invaders? Groovy.

<Juan mode=”se intrometendo” location=”post do Ricardo”>
E já que estamos falando nisso, aproveito o ensejo para convidar as pessoas e pessôos a checarem o grupo Emulação de Retrocomputadores no Facebook, criado pelo manu parça Mario Cavalcanti.
</Juan>

Nuclear Invaders

A vingança dos Space Invaders! Agora ele querem explodir os reatores nucleares da Terra. Tem pra MSX, ZX Spectrum, Oric, Jupiter Ace e, acredite, ou não, ZX81 (com ZXpand) graças aos esforços do brasileiro Kelly Murta. Mais detalhes aqui.

Abaixo, o anúncio do port para ZX81 e mais abaixo o vídeo feito pelo Marcus Garrett.

Fala povo!

Está disponível a nova e definitiva versão do “Nuclear Invaders” para ZX81, com algumas melhorias que deixaram o jogo mais interessante:
Continue lendo Nuclear Invaders