Arquivo da categoria: Mundo Retro

Tudo o que acontece no mundo retro, porque velho é o seu PC!

Wammes Witkop seguiu para o céu dos pinguins azuis.

E você deve estar se perguntando: Quem é Wammes Witkop? Vamos lá, eu explico. Wammes era uma das eminências pardas da comunidade holandesa de MSX. Ele foi o publisher e o editor das revistas MSX Computer Magazine (MCM) e MSX Computer & Club Magazine (MCCM), que foram publicadas entre 1985 e 1997. Todas estão disponíveis para download aqui, mas é melhor você afiar o seu holandês.
Não o conhecemos, mas no post do MSX Resource Center, relata que as revistas que ele editava era uma das forças da comunidade holandesa MSXzeira nos anos 1990.
Wammes faleceu em 18 de junho de 2022, aos 70 anos de idade. Fica aqui o nosso abraço a todos que estão enlutados com o falecimento desde que foi definido como um “gigante gentil“, com um coração maior do que ele e uma personalidade marcante.

Consertos, reparos e apertos de parafusos.


Continue lendo Consertos, reparos e apertos de parafusos.

Gravação do episódio 132 daqui a pouco!

Pessoal, agora às 14 horas, teremos a gravação do episódio 132 do Retrópolis, com a participação das mentes em baixa resolução que vocês conhecem e de um um vilão especialmente convidado!

Assista no YouTube e faça suas perguntas no chat:

Até já!

Dose dupla nesse sábado: Conversa na Praça e gravação ao vivo!

Conversa na Praça de Retrópolis
Conversa na Praça de Retrópolis

Como vocês todos sabem, a RetroRio foi adiada para 6 de agosto, pelos motivos que vocês já sabem. Mas não vamos deixar a data passar em branco. Logo, no dia 18 de junho de 2022, também conhecido como próximo sábado, teremos duas atividades para compensar essa falta: Conversa na Praça de Retrópolis e a gravação do episódio 132!

Continue lendo Dose dupla nesse sábado: Conversa na Praça e gravação ao vivo!

Mosca Branca do dia: Sony SMC-70GP

Máquina baseada em Z80, rodando CP/M e, notavelmente, o primeiro computador pessoal a usar disquetes de 3″½! O Samuele, que conseguiu esta máquina, está atrás justamente dos disquetes, já que veio a máquina completinha, com manuais (aparentemente alguém até se deu ao trabalho de traduzir partes pro italiano e imprimir numa matricial), mas… sem software.

Esta versão GP do SMC-70 (leia mais aqui) é específica para edição de vídeo — tem hardware adicional para genlock/superimpose. Amiga antes do Amiga?

Esperamos ardentemente que uma cópia dos softwares (para a versão PAL, os da versão NTSC já existem online) ache o caminho pra casa do Sam lá na Itália. Fotos:
Continue lendo Mosca Branca do dia: Sony SMC-70GP

O Museu Capixaba do Computador está aberto!

No episódio 125, tivemos o prazer e a honra de conversar com alguns pioneiros que estão estabelecendo museus de informática no Brasil: Flávio Rabello, do Museu Capixaba do Computador, em Vitória (ES), Marcos Velasco, do MV Museu de Tecnologia, em Volta Redonda (RJ) e o Antônio Pereira, do Museu de Ciência e Tecnologia da Paraíba, em João Pessoa (PB). Se você não ouviu, vá lá e ouça as partes A e B. Ou, se preferir, veja a nossa live que gerou esse episódio. Mas não nos responsabilizamos pelos sustos.

Hoje recebemos a feliz notícia de que o Museu Capixaba do Computador está de portas abertas!

Continue lendo O Museu Capixaba do Computador está aberto!

Mosca Branca do dia: Dynalogic Hyperion

O curador do site vintagecomputing.ca resolveu sambar na cara da sociedade, botar pra rodar uma versão customizada (e completinha com os manuais) do Lotus 1-2-3 no seu Dynalogic Hyperion lindão lindão zero bala e postar no Twitter.

Ahn? Dáina o que hiper o que?

Micro baseado em Intel 8086 — e não 8088, ou seja, 16 bits raiz. Saiu em 1983, dois meses antes do Compaq Portable. Só que… não era 100% compatível a nível de hardware com o IBM PC (daí a necessidade de versões customizadas dos softwares mais populares). E a qualidade dos drives de 5″¼ deixava a desejar. Ficou menos de dois anos no mercado.

Em algum lugar  no Multiverso, a Era dos Clones começou no Canadá em vez do Texas.

Mais informações sobre o micrinho (para certas definições de “inho”, já que pesava mais de 8 kg) você pode encontrar aqui:

https://www.old-computers.com/museum/computer.asp?st=1&c=339

https://en.wikipedia.org/wiki/Hyperion_(computer)

Um bom motivo para irmos aos EUA…

… É participar de algum encontro de retrocomputação por lá. Agora, no último mês de abril, tivemos a VCF East 2022 (presencial!), e aqui embaixo temos alguns vídeos sobre este último encontro. Nosso sonho é que a RetroRio seja ao menos próxima do que é um desses encontros.

Continue lendo Um bom motivo para irmos aos EUA…

Joguinho pro fim de semana prolongado (ou não): Ascend

Dou a palavra a Rafael Lima, que nos deu a dica via Caralivro:

Vcs já viram isso aqui?

Parece um game feito esse ano por um japonês e o cara basicamente portou o jogo pra TUDO QUE É COMPUTADOR 8 BITS QUE EXISTE. O mesmo jogo. Também soltou versão de Master System e Colecovision e eu acho que ele ainda não terminou, já que as última versões foram para o PV-1000 e a do Master System, lançadas anteontem [12/04].

A primeira versão foi a do MSX lançada dia 20/03.

Giovanni Nunes responde:

Sim, o cara escreveu seu próprio compilador de uma linguagem “tipo-C” (na verdade a sintaxe é meio C#) pra isso, o CATE. Ah é, há um outro jogo além do ASCEND, o Mazy, que tem 31 ports!

Você pode baixar os jogos do Inufuto aqui:
http://inufuto.web.fc2.com/8bit/ascend/
http://inufuto.web.fc2.com/8bit/mazy/
http://inufuto.web.fc2.com/8bit/lift/
http://inufuto.web.fc2.com/8bit/impetus/
http://inufuto.web.fc2.com/8bit/ruptus/
http://inufuto.web.fc2.com/8bit/cavit/
http://inufuto.web.fc2.com/8bit/aerial/
http://inufuto.web.fc2.com/8bit/bootskell/
http://inufuto.web.fc2.com/8bit/battlot/
http://inufuto.web.fc2.com/8bit/neuras/

Imagem do dia: “Esta parede está me parecendo branca demais.”

(Fonte: Richard da AlfaGames no Facebook)