Arquivo da tag: usb

Repórter Retro 077

O Seu Repórter Retro

Bem-vindos à edição 077 do Repórter Retro.

Links do podcast

Música de fundo

Random chiptune mix 13

Ouvindo este episódio offline

Baixe o ZIP, descompacte e ouça com seu tocador de música preferido.

Onde este episódio (e todo o Retrocomputaria) está disponível

Os episódios do Repórter Retro estão, como todo o conteúdo do Retrocomputaria, em muitos lugares: Spotify, YouTube, Google Podcasts, Apple Podcasts, Deezer e, usando nosso feed RSS, qualquer programa para escutar podcasts.

Seu comentário é o nosso salário

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

Agora o Amiga 500 ganhará uma versão mini.

A onda dos mini consoles andava meio calma. Depois do  Atari FlashbackTHEC64 MiniNES Classic Edition, do SNES Classic Edition, do NEOGEO Mini, do (ZX-Spectrum) Vega+, do PS1 Mini e do PC-Engine Mini, parecia que nada mais viria nessa linha. Quer dizer, poderia ter um MSX mini, mas com qual gabinete?

Mas a Retro Games, a mesma que lançou o THEC64 Mini e sua versão em tamanho natural, THEC64, decidiu que é hora de lançar uma versão mini do Amiga 500. Pois então, está vindo aí o TheA500-mini.

Esta versão em miniatura é (claro) um emulador que virá com 25 jogos do Amiga para você jogar, entre eles Alien Breed, Another World, Chaos Engine, Simon the Sorcerer e Worms. Por enquanto a lista tem 12, os outros 13 depois serão anunciados.

O emulador rodará jogos para as arquiteturas ECS/OCS/AGA, ou seja: A500, A600 e A1200. Será possível salvar o jogo e voltar do ponto onde parou, saída em 720p, filtro CRT (para quem gosta de scanlines, o que não é o meu caso), teclado virtual mas com suporte a teclado USB…

E assim como com o THEC64 Mini, é possível carregar jogos a partir de um pendrive, com suporte ao WHDLoad. Ele vem com uma réplica de um mouse Amiga de 2 botões e um joypad do CD32 (sssh, não espalha).

Antes que vocês se animem, o preço deverá ser em libras, já que a Retro Games é da terra dos súditos da rainha. E ainda não foi anunciado. Então, aguardemos.

Drives de disquete USB no seu MSX


Alguns já viram o Rookie Drive, aquele cartucho com um controlador USB dentro e que funciona em MSXs. Então, como controlador USB, é necessário fazer a parte de software para que esse controlador se comunique com diferentes dispositivos. Já existe algo para dispositivos de armazenamento de massa, como pendrives, mas ainda demanda algum polimento.
E o Konamiman fez a parte do software para interligar um MSX a um drive de disquete USB. Ok, disquetes não são algo que você fica empolgado no final de 2018 (nem eu), mas mesmo assim é super-interessante de se ver, ainda mais que ele fez um vídeo a respeito!
Continue lendo Drives de disquete USB no seu MSX

Adaptador de mouse/joystick USB e GR8CFG para MSX.

Durante a feira de Nijmegen em 2018, o usuário Wolverine_nl adquiriu um item bem interessante. É um adaptador de mouse/joystick USB para usar em MSX. O produto foi feito pela TMTLOGIC, e ele redigiu uma resenha, que foi publicada no MSXinfo.net. Se alguém se interessar… 35 euros.

O mesmo expôs um programa em BASIC que ele desenvolveu com o objetivo de ajudar a configurar a GR8NET. E olha… É necessário, porque essa placa é muito poderosa, cheia de recursos… E complicada de se mexer. Uma ferramenta como essa é muito bem-vinda.

Fonte: MSX.org.

 

Fazendo um Canon Cat falar com um computador atual

Marcin Wichary está escrevendo um livro sobre a história dos teclados. E tem uma newsletter avisando sobre o andamento do livro. E digita a newsletter em teclados diferentes.

Quando chegou a hora do seu Canon Cat, com o drive com problemas, teve que usar a conexão RS-232 para passar o texto para seu MacBook Pro velho (porque velho é esse PC e Mac que você acabou de comprar na Black Friday). E documentou todo o trabalho.

Sábado de links para o povo Amigável.

Seu Amiga está sem teclado, e você não consegue um? O povo do Retro 7-bit fez um adaptador para teclados USB, o Sum A600. Mas digamos que você quer saber de histórias a respeito da Commodore… Então tem essa entrevista do David Pleasance, diretor da Commodore UK. Mas você não quer saber de passado, quer saber de futuro? Então achamos essa entrevista com Trevor Dickinson, da A-Eon, falando do futuro da (agora) balzaquiana arquitetura.

Repórter Retro Nº 028

O Seu Repórter Retro

Bem-vindos a mais uma edição do Repórter Retro.

Mais uma vez, pedimos desculpas pelo atraso.

Ficha técnica:

  • Número do episódio: 28
  • Participantes: Ricardo, João, Cesar, Giovanni e Juan
  • Duração aproximada: 88 minutos
  • Músicas de fundo: Músicas sortidas
  • Download em ZIP

URLs do podcast:

Não se esqueça de deixar seu comentário aí­ embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

Repórter Retro Nº 022

O Seu Repórter Retro

Bem-vindos a mais uma edição do Repórter Retro.

Ficha técnica:

  • Número do episódio: 22
  • Participantes: Ricardo, João, Cesar e Giovanni
  • Duração aproximada: 90 minutos
  • Músicas de fundo: Músicas sortidas
  • Download em ZIP

URLs do podcast:

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

exSID USB: tocando chiptunes SID no seu PC velho

É, esse mesmo que você acabou de gastar 10 mil pra jogar No Man’s Sky.

exsid

Basta montar um exSID USB (e sim, corra atrás de um 6581 ou 8580, porque precisa de um SID real), plugar na USB, baixar seu chiptune/demo predileto e tocar.

(via)

Stupid Raspi Tricks: Amiga 1000, serial, telnet e BBS

O Blake Patterson seguiu a linha daqui e daqui, de usar o Raspi como “terminal serial” para micros clássicos, só que ele usou um Amiga 1000, o objetivo era acessar BBS acessáveis via Telnet e, bom, ele tem um Laptop Pi.