Todos os posts de Ricardo Pinheiro

Sobre Ricardo Pinheiro

Ricardo Jurczyk Pinheiro é uma das mentes em baixa resolução que compõem o Governo de Retrópolis. Editor do podcast, rabiscador não profissional e usuário apaixonado, fiel e monogâmico do mais mágico dos microcomputadores, o Eme Esse Xis.

A MSXRio’2024 foi um sucesso!

Gente, a primeira MSXRio de 2024 foi boa demais. Deu uma canseira… Mas valeu a pena Repetimos a parceria com a Nave do Conhecimento do Engenho de Dentro, novamente no melhor espaço que já nos foi disponibilizado. As restrições continuam: Proibição de vendas, horário restrito (9:30 horas até as 16:30 horas), estacionamento pago nas redondezas… Mas como já dissemos antes e repetimos aqui, este não é o local perfeito, mas é daqueles que se aproximam mais da perfeição.

E foi ainda melhor do que a 2a MSXRio’2023.

Continue lendo A MSXRio’2024 foi um sucesso!

SUDERJ informa: RetroRio 2024 já tem data e local!

Agora é oficial: A RetroRio 2024 será no Centro Federal Celso Suckow da Fonseca (também conhecido como CEFET) – Rua General Canabarro, 485 – Maracanã. Ela ocorrerá nos dias 2 e 3 de agosto de 2024 (sexta e sábado), no horário das 09:00 às 19:00 (sexta) e 09:00 às 17:00 (sábado). Em breve começaremos a divulgação e queremos todos vocês lá!

Save the date: 2 e 3/8/2024, RetroRio 2024 no CEFET-RJ.

MSXRio 2024 na semana que vem… E o que será exposto?

Daqui a uma semana teremos mais uma edição da MSXRio, a primeira de 2024 e a 45a edição desse que é um dos encontros retrocomputacionais mais antigos em atividade no mundo (desde 1997). Mas… O que será exposto lá? O que, da fauna e flora MSXzeira poderá ser vista? Vamos então a uma breve lista do que os quatorze (14) expositores trarão para serem vistos:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  1. Em termos de Brasil, teremos Hotbit HB-8000, da Sharp, e Expert DD-Plus, da Gradiente. Ambos são MSX 1.
  2. Um raro ML-G1, que é um MSX 2 feito pela Mitsubishi (Japão).
  3. Um lindo HB-F1XDJ, da Sony (Japão), que é um MSX 2+. Afinal… It’s a Sony.
  4. Um imponente FS-A1GT, um MSX Turbo-R feito pela Panasonic (Japão).
  5. Um FS-A1 vermelho, da Panasonic (Japão), transformado para MSX 2+.
  6. Teremos três Yamaha MSX 2: Um vendido no mercado japonês (YIS-604/128), um vendido no mercado árabe (AX-350) e um russo, usado nas escolas da antiga União Soviética (YIS-503IIIR)!
  7. Ainda teremos outros micros, como Hotbits com placa SM-X HB (MSX 2+), Zemmix Neo (MSX 2+ em FPGA), protótipos como o Baffa-2…

E isso não é tudo. Até lá, poderemos ter mais máquinas interessantes para serem vistas e conhecidas.

O encontro será no dia 6 de abril, sábado, a partir das 9:30 horas, na Nave do Conhecimento Engenho de Dentro, na rua Arquias Cordeiro, 1516, Engenho de Dentro. O encontro ocorrerá das 09:30 até as 16:30 horas, e o horário não será prorrogado.

A entrada é gratuita, só pedimos que você faça sua inscrição nesse link aqui do Sympla. Abaixo colocamos mais informações a respeito do evento.

Continue lendo MSXRio 2024 na semana que vem… E o que será exposto?

A gravação do episódio 151 é daqui a pouco!

Não é mais segredo para ninguém qual é o assunto da nossa live, que ocorrerá daqui a pouco, e você poderá assistir e participar: Another World (ou Out Of This World, ou Outer World), o seminal jogo de Éric Chahi que foi criado em 1991, lançado pela Delphine Software e foi uma revolução.

A gente ainda não tinha feito um dossiê à altura do clássico que é. Teremos a participação de dois vilões especialmente convidados: Rafael Lima, desenvolvedor de jogos como Sophstar (e que já participou de episódios conosco, como os que falamos de shmups horizontais e verticais), e Felipe “Juca” Sanches, que entre muitas outras coisas, tem dedicado tempo a entender como funciona este seminal jogo. Um dos seus trabalhos tem sido justamente realizar uma implementação em FPGA da máquina virtual no qual Another World roda. Mas saberemos mais a respeito disso na live, que você poderá assistir daqui a pouco!

Se prepare para muitas histórias interessantes, e conteúdo técnico de altíssima qualidade. O link está aí embaixo, aguardamos você para participar conosco dessa viagem a outro mundo, desconhecido e desafiador.

Ah, o link? Está aqui: https://www.youtube.com/watch?v=uHQaJOJxWAE.

Nos vemos no outro mundo!

Está chegando! Gravação do episódio 151 depois de amanhã!

Depois de amanhã, dia 16 de março, às 15 horas, teremos uma live que será a gravação do episódio 151, a ser publicado em abril de 2024 (mês que vem). O assunto… Bem, é surpresa! Teremos dois vilões especialmente convidados, com muita informação para trazer a respeito (inclusive técnica), e esperamos ter vocês presentes!

O link da live será divulgado antes aqui no site e nossas xoxomedias, para todos vocês poderem participar.

Logo, anotem na agenda de vocês: Sábado, dia 16 de março, às 15 horas. Não percam! E se vocês não forem… Olha só quem vai querer bater um papo com vocês.

Live do episódio 151 no próximo sábado!

No próximo sábado, dia 16 de março, às 15 horas, teremos uma live que será a gravação do episódio 151, a ser publicado em abril de 2024 (mês que vem). O assunto… Bem, é surpresa! Teremos dois vilões especialmente convidados, com muita informação para trazer a respeito (inclusive técnica), e esperamos ter vocês presentes!

O link da live será divulgado antes aqui no site e nossas xoxomedias, para todos vocês poderem participar.

Logo, anotem na agenda de vocês: Sábado, dia 16 de março, às 15 horas. Não percam!

Redes neurais… Num Atari 8 bits?

Redes neurais, segundo a Wikipédia, são modelos computacionais inspirados pelo sistema nervoso central de um animal (em particular o cérebro) que são capazes de realizar o aprendizado de máquina bem como o reconhecimento de padrões. [Redes neurais artificiais] (…) são apresentadas como sistemas de “neurônios interconectados, que podem computar valores de entradas”, simulando o comportamento de redes neurais biológicas.

Então, resolveram usar um Atari 800XL para reconhecimento de padrões! Mas como fizeram isso?

Continue lendo Redes neurais… Num Atari 8 bits?

Alguém puxa o musical Hair de novo aí, vai…


O Aquarius+ Retro Computer é uma reimaginação do Mattel Aquarius, computador feito pela mesma empresa que criou o videogame Mattel Intellivision e que durou menos de um ano no mercado (foi abandonado em 1984). No github do usuário fvdhoef, tudo o que você precisa para montar um Aquarius+ está disponível. Seguem algumas características:

  • Compatibilidade com o hardware e o software do Aquarius original.
  • Saída de vídeo em VGA, com suporte a gráficos em bitmap, sprites e tiles.
  • Dois chips de som da família do AY – seis canais.
  • 512 Kb de memória RAM paginada, em bancos de 16 Kb.
  • SYSROM refeita e CHARROM reprogramada.
  • Suporte a cartão SD, wi-fi e Bluetooth (para joypads modernos).

Descobrimos essa novidade movida a FPGA a partir do Instagram do Jan Beta, que está com um desses para teste. O Instagram dele está aqui, e o vídeo do YouTube, aqui.

Em tempo, o musical Hair está disponível para aluguel na Amazon, a R$ 19,90, e para comprar a R$ 39,90. De nada.

A saga do Omega parte 21 (o final): As conclusões a respeito de todo o projeto.

Então… Como está o Omega blue? O micro está assim hoje:

Omega blue hoje.
Omega blue hoje. Tá bonito, né?

Note as teclas mais escuras: Essas eu comprei lisas e gravei o conteúdo nelas. Não ficou lá muito alinhado, mas eu posso refazer o processo depois, tenho teclas sobrando. Eu coloquei uma tecla vermelha no lugar do STOP, mas achei feio e ela foi pro lugar do ESC mesmo. Volta o PAUSE pra ser o STOP.

Por ocasião que eu escrevo estas linhas, o Omega blue está na verdade desmontado. Ele retornou da “garantia” (novamente, obrigado, Clécio), e eu estou me preparando para remontá-lo, espero que pela última vez. Mas era exatamente assim que ele estava antes de enviá-lo para reparar o problema que ocorreu – e eu mencionei na última parte. Logo, é capaz de termos no futuro um poslúdio (parte 22!) falando sobre a montagem (espero que definitiva) nesse micro. Por enquanto…

Continue lendo A saga do Omega parte 21 (o final): As conclusões a respeito de todo o projeto.

MSXRio’2024 vem aí, suave na Nave!

Pessoal, lá vem a 45a edição da MSXRio! Sim, já foram 44 encontros desde 1997. Muitos, né? Decidimos contar e nos surpreendemos quando chegamos à conclusão de que somos o encontro retrocomputacional mais longevo do Brasil. Entre os encontros de MSX, provavelmente somos o segundo mais antigo, perdendo pra RUMSX de Barcelona, que chegou agora na 61a edição.

E essa que será a primeira edição da MSXRio em 2024, ocorrerá no dia 6 de abril, sábado, a partir das 9:30 horas, na Nave do Conhecimento Engenho de Dentro, na rua Arquias Cordeiro, 1516, Engenho de Dentro. O encontro ocorrerá até as 16:30 horas.

A entrada continua como sempre gratuita, 0800, “di grátis”, paga nada pra entrar. Logo, não esqueça de fazer a sua inscrição, nesse link aqui do Sympla, e veja aí embaixo mais informações a respeito do evento.

Continue lendo MSXRio’2024 vem aí, suave na Nave!