Arquivo da tag: internet

[UPDATE] Informe da Secretaria Municipal de Saúde de Retrópolis

Aquilo que a gente vive falando no podcast é brincadeira, viu? Não tome chá de fita cassete!

Dica da nossa parça Tat Kawamoto. (Original)

[UPDATE] Acredite se quiser, teve mesmo uma tese de doutorado da Unicamp falando nisso. Dica do parça Alfredo “CRT Man” Henríquez.

YOU ARE ON THE WAY TO FICAR VÉIO

Saiu ontem no site Kotaku:

O início da década de 2000 era uma época estranha. O filho pereba do Bush arrumou um jeito de virar presidente, bandas ruins como Crazy Town e Staind chegaram ao Top 100 da Billboard, e a gente se virava com uma média de um meme por ano. Em 2001 esse meme era “All Your Base”, um vídeo no site Newsgrounds que ironicamente celebrava a tradução tosca para o inglês do jogo Zero Wing da Toaplan (Mega Drive, 1992). Hoje, esse vídeo completa 20 anos.

Continue lendo YOU ARE ON THE WAY TO FICAR VÉIO

Pela nossa contagem, esta lista da Cracked é 37% on-topic.

27 Momentos Inovadores que Moldaram o Mundo Moderno. Contamos 10 que merecem menção. Sua opinião pode ser diferente. (Por favor, compartilhe-a nos comentários!)
Continue lendo Pela nossa contagem, esta lista da Cracked é 37% on-topic.

As BBS e o acesso à Internet na década de 1990

Esta foi a palestra Harald Welte na 34ª edição da Chaos Communications Congress realizada, como de praxe, na última semana do ano de 2017 na cidade alemã de Leipzig. Prepare a pipoca, a caixa de lenços e boa diversão!

PicoFox, para o Pico-8.

Você já ouviu falar do Pico-8? Eu também não, aí fui pesquisar, e achei algumas coisas interessantes… O PICO-8 é um videogame virtual. Sim, ele não existe fisicamente, só na Internet. Joseph “Zep” White o criou para estabelecer limites para os atuais desenvolvedores de jogos. Dizem que com crise se cresce. Bem, com restrições, a criatividade floresce. Todos nós que jogamos desde antes dessa geração leite com pera e creme de cacau com avelã resolveu nascer, sabemos que essa é uma afirmação válida.

Pois então, o PICO-8 é um desafio aos programadores atuais. Ele tem resolução máxima de 128 x 128 pixels, 4 canais de som, e limite de 32 Kb por “jogo”. Você pode programar ele em Lua e precisa pagar US$ 15 para poder programar para o PICO-8.

Interessante, não? Pois é, a última (ou penúltima) é que portaram o Star Fox (SNES) pro Pico-8, chamando-o de PicoFox.

Continue lendo PicoFox, para o Pico-8.

RetroRio: Habemus fotos!

Se você ainda não acessou o nosso perfil no Instagram, corrija essa falha imediatamente e clique aqui. Já temos 24 fotos e um vídeo, e teremos amanhã mais fotos. Aproveitem, pois depois iremos colocar essas fotos reunidas em um álbum no Google Fotos. Até amanhã!

Um Stack Overflow para a Retrocomputação

se-iconUma parcela considerável dos nossos leitores e ouvintes ganham o pão de cada dia desenvolvendo software. E uma parcela considerável dessa parcela considerável usa, já há muitos anos, o Stack Overflow para sair de enrascadas.

O formato de ajuda colaborativa fez tanto sucesso que tornou-se uma rede de sites — a Stack Exchange — onde cada site é dedicado a um assunto, sem se limitar ao software, ou mesmo à computação… ou mesmo às ciências exatas. Há sites nessa rede sobre literatura, matemática, manutenção de automóveis, educação, religião, pôquer, idiomas, o diabo a quatro.
Continue lendo Um Stack Overflow para a Retrocomputação

Ler a Wikipédia num TRS-80 Model I, convenhamos, já e vandalismo.

Estamos falando de um micro lançado em 1977, cujo modo texto é 64×16 caracteres, preto-e-branco (sem escalas de cinza), que nem minúsculas tem, e com pseudográficos de 128×48… coisas… que só com muita caridade poderiam ser chamadas de pixels.

Pois Peter Cetinski resolveu desenvolver para ele um programa chamado TRSWiki, ligar uma interface de rede MISE e…
Continue lendo Ler a Wikipédia num TRS-80 Model I, convenhamos, já e vandalismo.

A história secreta do hipertexto

Em 1945  Vannevar Bush apresentou ao mundo seu famoso ensaio, o “As We May Think“, nas páginas do jornal estadunidense The Atlantic. Nele era apresentado ao mundo a Memex. Uma máquina de memes? Claro que não! A Wikipedia conta o seguinte sobre ela:

(…) Bush imaginou e descreveu de maneira detalhada uma máquina capaz de estocar montanhas de informação, para posterior e rápida recuperação. Tal engenho, concebido para suprir as “falhas da memória humana” através de recursos mecânicos, é considerado o precursor do conceito de hipertexto.

Justamente este ensaio é considerado por muitos como aquilo que décadas depois veio a ser a Web. Correto? Digamos que o caderno de tecnologia do mesmo The Atlantic resolveu chafurdar um pouco na história para contar que na verdade não foi/é bem assim e remontando até a segunda metade do século XIX fala sobre visionários que a história (mais ou menos) esqueceu.

( OSNews )

Mais alguns links para alegrar seu dia.

  • Vintage Computer Sale – Este é uma espécie de agregadores de vendas de itens retrocomputacionais. Se você é interessado em computadores Apple, Atari, Commodore e não tem medo de enfrentar a Receita Federal numa remessa EUA-Brasil, este é um bom caminho para trilhar.
  • Collectors Weekly – Na verdade este é um site que reúne agregadores de vendas de itens colecionáveis em geral, e que tem uma seção para vintage computing. Também vale a visita, mas só agrega itens advindos de leilões estadunidenses.