Arquivo da tag: Projetos

A. Baffa, o Caso. (Ou: Picaretation In Seattle)

Nossa história começa quando este humilde escriba tem um pensamento aleatório: “Poxa, faz um tempão que eu não abro o Hackaday. Vou ver se pintou alguma coisa retro por lá”. Começo a olhar o blog e logo acho, postado nos últimos dias, um camarada que recriou o ZX81 numa placa nova, com direito a construir um teclado de membrana do zero. Maneiro.

E ora vejam vocẽs: o camarada é brasileiro! Carioca! Nome: Augusto Baffa. E o micro recriado, como já era de se imaginar, não foi exatamente um ZX81, mas um dos clones pizzaiolos tupiniquins, o TK82C. Que foi o Micro Formador do molequim Augusto, lá pelos idos de 1990. (O micro já era obsoleto e foi cedido pelo pai como ferramenta de aprendizado. Pelo visto, deu certo.)

Papo vai, papo vem, eis que a gente marca de almoçar e o sr. Baffa é agora o feliz proprietário de um clone altamente mosca-branca de Sinclair: o MicroAce. Clone não de ZX81, mas do anterior, o pai de todos: o ZX80.

Os picaretas fabricantes do MicroAce tiveram uma ideia de “jênio”: inverteram duas das vias de dados que levam do microprocessador para o chip de ROM que tem o BASIC descaradamente copiado da Sinclair. Assim, teoricamente, as ROMs seriam diferentes e os advogados de Sir Clive não notariam. Funcionou tão bem quanto vocês devem estar imaginando.

Rapidamente a MicroAce botou o galho dentro, pagou uma soma não revelada de Reagans (ou Thatchers) à Sinclair, e passou a vender uma versão revisada sem a picaretagem e com a ROM licenciada. Mas esse exemplar aí da foto é “Issue 1”, com a picaretagem. O Augusto fez um dump da ROM, e eu fiz um programinha em C para desfazer a inversão de bits. Clicando neste link você pode baixar o fonte e a ROM picareta. (A original da Sinclair, pra comparar… você acha por aí. Não queremos a visita do personagem aí em cima.) Resultado: a ROM do MicroAce só difere da da Sinclair em UM mísero byte: eles resolveram formatar as mensagens de erro com o caractere “:” em vez de “/”.

O fato de que essa mudança de byte significa isso pode ser verificado olhando a listagem da ROM do ZX80 – rotina MAIN-5, label L04A8.

No momento em que escrevo, o Augusto está interrogando o meliante fuçando com o micro e em breve esperamos que o elemento confesse ele volte a funcionar em toda sua glória de falsiane ianque.

MicroAce, por cima MicroAce, por baixo

E antes que eu me esqueça, o TK82C redivivo não é a única coisa interessante que o Augusto botou no Hackaday.

Adendo: este post tem continuação.

Repórter Retro 079

Este é o Repórter Retro 079, produzido pela A.R.N.O. (Agência Retropolitana de Notícias)!

(MP3 para ouvir offline)

Do que falamos?
Trilha sonora

Random Chiptune Mix 31

Antes de sair…

Os episódios do Repórter Retro estão, como todo o conteúdo de Retrópolis, em muitos lugares: Spotify, Google Podcasts, Apple Podcasts, Deezer e, usando nosso feed RSS, qualquer programa para escutar podcasts. Ou então, se você é dazantiga que nem a gente, pode baixar o MP3 deste episódio clicando neste link para escutar mais tarde.

Além disso, não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

Gravação do episódio 129 AMANHÃ!

Pessoal, no dia 19 de março, também conhecido como amanhã, teremos a gravação do episódio 129 do Retrópolis, onde falaremos com três produtores nacionais de hardware para micros clássicos, a saber:

Quer saber mais? Clica aí embaixo…

Continue lendo Gravação do episódio 129 AMANHÃ!

E o próximo episódio também será AO VIVO!


Pessoal, primeiro sendo direto: No próximo dia 19 de março, teremos um programa duplo. De manhã, vamos ter mais uma conversa na praça de Retrópolis, o que estamos devendo a vocês e a nós mesmos faz um tempo. E de tarde, teremos a gravação do episódio 129, com a participação de todos vocês.

Ficou curioso? Clica aí embaixo e lê o resto…
Continue lendo E o próximo episódio também será AO VIVO!

[Semi-OFF] O Repórter Retro informa em edição extraordinária

Depois de dois meses tendo que guardar segredo a pedidos, finalmente posso anunciar…


Continue lendo [Semi-OFF] O Repórter Retro informa em edição extraordinária

Retrocomputador mais ROOTS do que este não existe.

Uma máquina de Turing pura, implementando o comportamento exato descrito pelo matemático que praticamente fundou a Ciência da Computação. E que você pode montar! Tá certo que está longe de ser um trabalho trivial, mas o produto final é uma excelente ferramenta de aprendizado. Cliquem na foto ao lado pra ver todos os detalhes escabrosos no Instructables.

(Via)

Teclado novo para um Atari 800XL

Brian Swetland, insatisfeito com o teclado bichado do seu Atari 800XL, resolveu fazer um novo do zero, como ele nos informa via Twitter. Você pode acompanhar o andamento do projeto seguindo Mr. Swetland por lá. A princípio é um projeto puramente pessoal, mas quem sabe isso não vira produto? (UPDATE: boas chances de.)

E lá vamos nós! A revisão 1.1 do Teclado Substituto para Atari 800XL foi despachada para fabricação. (Usando a JLCPCB [N. do T.: empresa fabricante de placas de circuito impresso] de novo.) Espero que tenhamos um conjunto completo de teclas customizadas quando as placas de circuito impresso chegarem semana que vem.

A propósito, esta é a letragem que será usada para o teclado definitivo:

E por falar em orelhas…

A menção ao EARS no Facebook, que postamos uns dias atrás, rendeu um comentário do cavalheiro de nome Mike Guzzi, que nos conta sobre seu projeto final de Engenharia, de 1989. Com a palavra, o próprio:

Nós usamos o EARS para o nosso projeto final de Engenharia em 1989, que consistia numa porta que destravava apenas por reconhecimento de voz. Conseguimos obter os dados técnicos do chip SP-1000 que o EARS usava e, se não me falha a memória, até mesmo o código-fonte do EARS. Eu o modifiquei para que ele operasse a trava de uma porta. Aqui está um vídeo dele em funcionamento. É uma fita VHS velha, então a qualidade não é lá essas coisas.

Continue lendo E por falar em orelhas…

Mais sobre o “MSX de Última Geração” do Nishi

Sabe o post intrigante do Kazuhiko Nishi sobre um MSX de Última Geração? Pois é, ele escreveu mais a respeito. Fazemos nossas as palavras do manu parça Danjovic e esperamos ardentemente que não se torne apenas um vaporware com pedigree. Veja os detalhes abaixo:
Continue lendo Mais sobre o “MSX de Última Geração” do Nishi

GR8NET um pouquinho mais GR8

Eugeny Brychkov continua fazendo ajustes e aperfeiçoamentos no seu cartucho “faz-tudo” para MSX. Com a palavra, o próprio:

O trabalho de aperfeiçoamento da GR8NET continua. (Não esqueçam de verificar atualizações para a FPGA e a flash!) Agora, _NETSYSINFO retorna mais dados (ver meus posts anteriores), consertei vários bugs no tocador de vídeo (por exemplo, sprites ficavam desabilitados depois do fim do vídeo). Agora o tocador de vídeo sabe não só do modo R800 (ele desabilita), mas também sobre o modo turbo de 5.37 MHz dos MSX2+ da Panasonic (também desabilita durante a exibição). Ainda não sei o que fazer com os wait-states adicionais inseridos pelos chips MSX-Engine T97* e S1990 em máquinas 2+ e Turbo (provoca “soluços” no vídeo). Talvez a solução seja diminuir a frame rate, reduzir a área de exibição (exceto em SCREEN 2), mas ainda não decidi como proceder.

Se quiser acompanhar a novela mexicana russa, é só seguir o Face do Eugeny.