Arquivo da tag: Arqueologia

Repórter Retro 083

Este é o Repórter Retro 083, produzido pela A.R.N.O. (Agência Retropolitana de Notícias)!

Continue lendo Repórter Retro 083

Chuva de Sinclair em Casa de Castro

Eu juro procês, eu não corro mais atrás dessas coisas, mas elas vivem caindo no meu colo.

Meu chapa da Engenharia Eugenio Marins teve a sorte de ter um pai ultra-hiper-mega-blaster-NERD nível HARD EXTREMO, que fazia experiências e fuçava com tudo que você pode imaginar, química, marcenaria, metalurgia, mecânica e… claro, retrocomputação. (Na época chamada simplesmente “computação”.)

Ele já tinha me passado uns Hotbits e TKs da tumba de Tutancâmon casa do pai, já falecido. Um deles eu usei pra sortear um exemplar do meu livro.

Nestes dias ele achou mais coisa, e nós dois convocamos o Ricardo Pinheiro para se juntar à expedição arqueológica. O resultado está aí embaixo. Ainda tinha mais alguns livros de MSX dos quais o Ricardo mui alegremente se apropriou.

Autoria do penteado Simply Gray: (1) vento; (2) o cabelo não ter crescido o suficiente pra ser pego pelo elástico.

Resumindo:

  • Um ZX80, lançado em 29 de janeiro de 1980 (eram dias cabalísticos, esses) e o primeiro microcomputador popular vendido em massa abaixo de £100.
  • Um clone obscuríssimo do ZX80 que rendeu processinho.
  • Dois terminais seriais de um Schumec (cada um pesa 8 kg, sem monitor e sem gabinete!) igual àquele no qual aprendemos programação no IME e no qual isto aqui (mencionado no Repórter Retro 067) aconteceu.
    • Sim, um colega meu programou um software de corrida de cavalos no BASIC do CP/M e a gente apostava dinheiro.
  • Vários livros e manuais.
  • Uma plaquinha wire-wrap com barramento (provavelmente) S100 no qual Marins Sênior fazia experiências.

Lembrando que algumas semanas atrás um cliente (valeu Dr. Leonardo!) me doou um AS-1000, outro clone de ZX81, este brasileiro. Acho que o Universo está tentando me dizer que devo dar outra chance a essa arquitetura de computadores. Agora tenho que achar meu sintonizador de RF pra testar essa bagaça toda.

Repórter Retro Nº 012

O Seu Repórter Retro

Bem-vindos a mais uma edição do Repórter Retro – a primeira da temporada 2016! 🙂

Ficha técnica:

  • Número do episódio: 012
  • Participantes: Ricardo, João, Cesar, Giovanni e Juan
  • Duração aproximada: 66 minutos
  • Músicas de fundo: Músicas sortidas
  • Download em ZIP

URLs do podcast:

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

Três momentos de arqueologia digital

Na retrocomputação, é sempre importante a preservação de fanzines, livros, revistas, manuais e disquetes, seja como registro histórico, seja como fonte de consulta, ou mesmo para backup.

No primeiro caso, 7 dos 9 números da ENTER, fanzine do Atari Club do Chile, que chegou até a ter um quadro em um programa de televisão.

No segundo caso, o escaneamento dos textos originais do Beneath Apple DOS, livro importante sobre o sistema operacional dos Apple II; os interessados podem ler o relato de Mike Maggis, recuperador dos textos (e do 6502lane.net e do Apple II Scans).

No terceiro caso (claro, deixamos o melhor por último)… Continue lendo Três momentos de arqueologia digital

Como foram implementados os registradores do Z80

https://lh4.googleusercontent.com/-izylnJB65A0/VDAd2oZN4nI/AAAAAAAAauU/UCZX0IUJ-n8/w800/die-register-zoom.png

Continuando sua aventura arqueológica no silício, Ken Shirriff, agora nos explica como foram implementados os registradores dentro do Z80 (sim, a sopa de letrinhas do A, B, C, D, E, F etc) e as diferenças de implementação com o 6502 da MOS e o 8085 da INTEL.

A.D. 1962. (Space)War(!) was beginning.

O pioneiro jogo Spacewar!, cuja história, narrada por Bill Loguidice, foi publicada em quatro partes aqui no Plus, volta a ser notícia: foram encontrados os fontes de uma versão de 1962, que o torna oficialmente o videogame mais antigo da história com os fontes disponíveis!

whatyousay Continue lendo A.D. 1962. (Space)War(!) was beginning.

Era verdade.

et-enterrado-1A Atari realmente enterrou cartuchos de E.T. no Novo México. Eles foram descobertos por uma equipe de escavação neste sábado, 26 de abril. A história vai virar um documentário, patrocinado pela Microsoft.

Ainda não se sabe se são milhões de cartuchos como a lenda diz. Por enquanto, foram encontradas algumas centenas. Por sinal, não só de E.T. (Peraí, eu não lembro da versão de Centipede pro 2600 ser tão ruim assim.)

Continue lendo Era verdade.

[UPDATE] A Caverna do Tesouro foi encontrada e fica no Kansas

A2-Archaeology-Stavros-Karatsoridis-12O veterano colecionador Michael J. Mahon resolveu se desfazer de sua considerável coleção e espalhar a alegria pela comunidade applezeira ianque. Aproveitando o ensejo da KansasFest 2014, um grupo de audazes Indiana Joneses liderados por Sean Fahey e Stavros Karatsoridis (ao lado) adentrou as catacumbas, digo, o storage e isto é o que encontraram. UPDATE: juntei todas as fotos (e mais algumas) neste álbum do Picasa, com permissão dos envolvidos.
Continue lendo [UPDATE] A Caverna do Tesouro foi encontrada e fica no Kansas

Os segredos do Esquilo Rasteiro do Texas

ti-99.2Uma penca de documentação inédita sobre o natimorto TI-99/2 da Texas Instruments, recuperada por Barry Boone da casa que foi da família dele e estava abandonada! Ah, e também um 99/2 propriamente dito. Que ele já vendeu por um pouco menos de mil doletas.

Para quem estiver interessado, estou em processo (N. do T.: já terminado, tá tudo lá) de digitalizar e hospedar alguns documentos que eu recuperei da casa abandonada, com todo tipo de informações a respeito do TI-99/2.

Continue lendo Os segredos do Esquilo Rasteiro do Texas

Arqueologia, eu quero uma pra viver (Parte 2)

O colega Cristian S. da lista AppleII_br dá sua contribuição para a preservação da história da microinformática brasileira:

Olá pessoal da lista AppleII_br,

Com o intuito de não perder meus disquetes antigos para AppleII (software nacional), da época em que eu tinha um TK3000IIe, converti meus disquetes para imagem DSK e estou disponibilizando na seguinte página para download:
Continue lendo Arqueologia, eu quero uma pra viver (Parte 2)