Arquivo da tag: sistema operacional

E encontraram o australopithecus! Só que do Windows 11.

Essa a gente viu no Xuiíter, mas encontramos com mais detalhes no The Register. Então lá vai: Um cidadão, autodenominado arqueólogo de códigos-fonte, encontrou e fez o upload do 86-DOS versão 0.1-C, que é talvez a primeira versão (instável, claro) do MS-DOS. E aí, vocês sabem, IBM-PC, Microsoft e o resto… Está aí embaixo.
Continue lendo E encontraram o australopithecus! Só que do Windows 11.

E o ProDOS segue sendo atualizado

Como já noticiamos mais de uma vez, o vetusto sistema operacional para micros da linha Apple II segue sendo melhorado e atualizado pelo John Brooks do grupo Call-A.P.P.L.E. e agora no finalzinho do ano saiu mais uma versão, a 2.4.3 com várias correções de bug (por exemplo, retornava o ano incorreto com uma certa placa de relógio), polimentos e ajustes.


Só tem um porém: o ADTPro e o ProDOS não cabem mais no mesmo disquete.

(Obrigado a Eliazer “Klax” Kosciuk por ter nos dado esse toque)

SvarDOS, uma distribuição em código aberto do DOS.


SvarDOS é um projeto de código aberto cujo objetivo é montar uma distribuição do FreeDOS, integrando o melhor das ferramentas, drivers e jogos para DOS disponíveis atualmente – segundo eles mesmos. O desenvolvimento do DOS foi abandonado no início dos anos 1990, e o objetivo do SvarDOS (conforme está explicado no site) é coletar os softwares DOS disponíveis, empacotá-los e facilitar a localização e a instalação de aplicativos usando um gerenciador de pacotes habilitado para rede – exatamente como o apt-get, mas para DOS e capaz de ser executado até mesmo em um PC 8086, ou seja, um IBM-PC XT.

No site do projeto tem inclusive versões para download em CD, pendrive USB, imagem para o DOSEMU e disquetes de 360 Kb, 720 Kb, 1,2 Mb, 1,44 Mb e 2,88 Mb. e para ser do contra, o projeto não está no github. Aliás, ele não é versionado no git, mas no Apache Subversion.

Continue lendo SvarDOS, uma distribuição em código aberto do DOS.

Quatro vídeos para um domingo preguiçoso.

Na nossa curadoria de material interessante, sempre que podemos, indicamos algum material que talvez não caiba em um Repórter Retro, mas possa ser interessante de ser visto por todos. Então temos aqui um documentário, um demo, uma conversão de um jogo e um computador clássico com GPU!

Continue lendo Quatro vídeos para um domingo preguiçoso.

Live do episódio 142… É amanhã!

Pessoal, é amanhã, no dia 6 de maio, às 15 horas! Convidamos todos vocês a participarem na nossa live, a gravação do episódio 142, sobre o sistema operacional UNIX. Como o UNIX está completando 50 anos (caramba, ele é mais velho do que eu!), faremos uma live com dois vilões especialmente convidados. O link da live será divulgado antes aqui no site e nossas xoxomedias, para todos vocês poderem participar.

Logo, anotem na agenda de vocês: Amanhã às 15 horas. Não percam!

Continue lendo Live do episódio 142… É amanhã!

50 anos do UNIX… E vamos comemorar com uma live!

No próximo dia seis (6) de maio, sábado, às 15 horas, a municipalidade de Retrópolis convida a todos os nossos concidadãos e amigos a participarem da gravação do episódio 142, que será sobre o sistema operacional UNIX, como parte das comemorações do seu jubileu de ouro. Esta gravação será no formato de uma live, onde a Câmara de Vereadores de Retrópolis estará presente, assim como dois vilões especialmente convidados para este episódio. O link da live será divulgado antes aqui no site e nossas xoxomedias, para todos vocês poderem participar.

Logo, anotem na agenda de vocês: Dia 6 de maio, sábado, às 15 horas. Não percam!

Continue lendo 50 anos do UNIX… E vamos comemorar com uma live!

Nextor 2.1.0 beta 1.

Vocês devem lembrar que relatamos há algum tempo que o Nestor Soriano, o programador de MSX mais sem imaginação para nomes (ou o mais narcisita de todos, escolham) lançou uma nova versão do Nextor. A versão 2.0.5 beta 1 veio corrigir alguns problemas, mas agora o Konamiman fez mais corrreções e soltou a versão 2.1.0 beta 1. O que tem nela, além das correções?

Bem, ele corrigiu um bug relacionado a uma chamada do sistema (RDBLK), e os drivers agora podem ser informados se o usuário quer apenas uma letra de drive por driver no boot. Ah, se você tem MegaFlashROM SCC+ SD (eta nome grande), tem variações do kernel a ser instalado nela.

Este lançamento é animador porque em breve teremos a versão 2.1.0, e o Nestor pensa em uma maneira de montar imagens de disquete em letras de drive. FAT 32, no entanto, fica para um sonho por enquanto impossível.

Fonte: MSX Resource Center.

 

The Sentinel

RetroRio já foi, Instagram bombou… E temos um link sobre um sistema operacional feito para várias plataformas de 8 e 16 bits, o S-OS, ou The Sentinel.

A máquina de referência é um Sharp X1, mas tem ports para outras plataformas, como Sharp MZ e outras. MSX? Olha. tem um MSX lá no meio da documentação, mas como meu conhecimento de japonês é nulo… Peguem o Google Translator e passem nesse link aqui. Esperamos encontrar coisas interessantes. Mas se você quiser ler algo em um idioma ocidental… Tem a página da Wikipédia.