Arquivo da tag: MSX-BASIC

[Semi-OFF] Enquanto houver Retrocomputaria, vai haver Poesia

Achou que nosso chapa da Freguesia do Ó, o Rubens Lobo, era o único MSXzeiro tupiniquim que se meteu a escrever e publicar poesia? Pois então

Meu livro Um Quarto de Página acaba de ser enviado para impressão. Nesse meio tempo, fiz um pequeno concurso literário no meu perfil do Instagram e vou sortear um exemplar do livro…


…usando um programa em BASIC num Hotbit. (Daí o Semi-OFF.) Infelizmente não dá mais pra participar do concurso, mas convido todos a assistir esta live que é também o pré-lançamento do livro. Amanhã, terça, 23/2/2021, neste perfil:

http://instagram.com/j_c_castro_escreve

(E se você não mais que de repente recordou-se da RetroRio 2019… sim, é o mesmo programa.)

Repórter Retro 064

O Seu Repórter Retro

Bem-vindos à edição 064 do Repórter Retro.

Links do podcast

Música de fundo

Músicas sortidas

Ouvindo este episódio offline

Baixe o ZIP, descompacte e ouça com seu tocador de música preferido.

Onde este episódio (e todo o Retrocomputaria) está disponível

Os episódios do Repórter Retro estão, como todo o conteúdo do Retrocomputaria, em muitos lugares: Spotify, YouTube, Google Podcasts, Apple Podcasts, Deezer e, usando nosso feed RSS, qualquer programa para escutar podcasts.

Seu comentário é o nosso salário

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

Jogos, jogos e mais jogos para MSX.


O usuário do site MSX.org cujo login é bestiarum (que é brasileiro, ora vejam pois) anuncia que fez um jogo para MSX, chamado Aglos. Muito bacana, ainda mais que ele descobriu o MSX recentemente e fez esse jogo inicialmente como um exercício de programação em MSX-BASIC.

Acabou? Não, tem mais.
Continue lendo Jogos, jogos e mais jogos para MSX.

Obsolete Procedure Call

Konamiman está de volta, com o OPC (Obsolete Procedure Call); um protocolo bem simples para execução de código remoto em máquinas controladas por um microprocessador Z80.
No repositório tem exemplos de servidor em C (para computadores MSX) e cliente em .NET (para controlar o MSX remotamente).

Repórter Retro Nº 029

O Seu Repórter Retro

Bem-vindos a mais uma edição do Repórter Retro.

Ficha técnica:

  • Número do episódio: 29
  • Participantes: Ricardo, João, Cesar, Giovanni e Juan
  • Duração aproximada: 61 minutos
  • Músicas de fundo: Músicas sortidas
  • Download em ZIP

URLs do podcast:

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

MSX de volta à escola…

…ou melhor de volta à faculdade, o Instituto de Tecnologia de Dublin!

prepare-to-learnAcontece que Bryan Duggan, professor na disciplina de Programação Orientada a Objeto, resolveu analisar o algoritmo de um programa em MSX-BASIC (com direito a emulador na sala de aula) originalmente publicado em 1987 na MSX Computer Magazine em uma atividade de C# em sala de aula.

Edição de imagens num MSX2+/MSX turbo R

Bricadeira bem básica e de quebra umas dicas de como usar os modos não-RGB do V9958 nos MSX2+ e MSX turbo R. Para começar, uma imagem de exemplo já previamente dimensionada em 512×424:

colores

Continue lendo Edição de imagens num MSX2+/MSX turbo R

Erro 53 e Microsoft

A Microsoft fez 40 anos de vida em 2015, né? Não queríamos deixar passar a data em branco e estávamos cá a procurar alguma coisa inusitada que viesse dessa época quando…

53

…acabamos por descobrir que o código de erro para arquivo não encontrado (“FILE NOT FOUND”) não tem o valor 53 apenas no Disk BASIC do MSX (que é de 1984) mas também o é no QuickBASIC, QBASIC, Visual BASIC, Visual BASIC for Applicatons (onde você faz as macros do Word, Excel etc), SQL Server e em outros tantos componentes do Windows.

Sobre o arquivo? Ele continua não encontrado e dá-lhe erro 53!

Programação assembly… “like a boss”

like a boss

Estava fazendo uns testes de código em MSX-DOS e experimentando como chamar a BIOS a partir do ambiente e… opa! Melhor explicar uma coisa importante antes.

No MSX, quando estamos no BASIC a memória tem o seguinte leiaute:

0x0000 - 0x7FFF : BIOS e MSX-BASIC
0x8000 - 0xFFFF : RAM (32Kib)

Ou seja uns 32KiB de ROM estão lá ocupando 50% do espaço de endereçamento que o Z80 entende e chama de “mundo”.

Mas quando estamos no MSX-DOS a memória fica assim:

0x0000-0xFFFF : RAM (64Kib)

Mas como se faz para acessar a BIOS já que ela “desapareceu” da vista do Z80?

Continue lendo Programação assembly… “like a boss”

Para brincar em Jaú: O buffer de teclado do MSX

Povo que se encontra hoje (e todo o resto): interessado em saber como funciona o buffer de teclado dos MSX e todos os outros buffers circulares implementados até hoje?

Continue lendo Para brincar em Jaú: O buffer de teclado do MSX