Arquivo da tag: Videos

Atari 50 versão estendida: Mais jogos, mais vídeos, mais história!

Há algum tempo atrás, o Cesar Cardoso publicou uma não-resenha sobre o Atari 50, uma celebração em equipamentos atuais (PS4, PS5, Switch, Xbox One, Xbox Series S/X e PC) do legado da Atari.

Recentemente, a Atari anunciou uma “versão estendida”, o Atari 50: the Anniversary Celebration Expanded Edition (parece um nome de princesa, como é grande), onde serão adicionados mais 39 jogos (totalizando 154 jogos) e mais duas linhas do tempo, que falarão da The First Console War (a Primeira Guerra dos Consoles, que foi Atari x Intellivision) e The Wider World of Atari, que expandirá certos conteúdos a respeito da “empresa do monte Fuji”.

Continue lendo Atari 50 versão estendida: Mais jogos, mais vídeos, mais história!

Domingo dos vídeos: MSXGOTO40.

 

Essa é rápida: Nosso amigo Koen Dols (FutureDisk) e um dos organizadores da MSX GOTO40, nos passou nos comentários da nossa postagem o link para o canal do YouTube da MSX GOTO40, com os vídeos oficiais do evento. Segue o comentário:

Melhores amigos de MSX do Brasil, link do Youtube para vídeos oficiais
saudações da Holanda.

https://www.youtube.com/@MSXGOTO40

 

 

 

 

 

O que você está esperando pra clicar? Eu já fui lá ver!

Domingo dos filmes: A guerra das planilhas.

Se você não quer assistir o Fantástico ou o Domingo Espetacular para evitar a depressão de domingo, então veja esses dois vídeos abaixo, sobre a guerra das planilhas, ocorrida em 1988. A gente falou a respeito de planilhas no episódio 65, na série do Office antes do Office. Se você quiser ver como o Excel ganhou a luta contra o Visicalc e o Lotus 1-2-3…

Continue lendo Domingo dos filmes: A guerra das planilhas.

Comerciais às terças: Cromemco System Three, 1979

Vídeo promocional do micrão profissional baseado em Z80 e rodando (quase sempre) CP/M. Acreditem se quiser, com uma placa de memória de 256K, ele podia rodar um sistema Unix-like multiusuário, chamado Cromix. Com bank-switching de todo o espaço de endereçamento de 64K de uma vez, porque segmentozinhos de 8K ou 16K são para os fracos. Pergunte-me como. Ou rode emulado.

(Via)

Um papo tangencial para o dia de hoje.

Uma parte dos nossos leitores/ouvintes é colecionadora de micros e/ou videogames clássicos. Aliás, todos nós do lado de cá também. E é muito comum o colecionador se descontrolar e sair comprando tudo o que vem pela frente. É comum ouvir relatos como:

– Eu só compro “lixo” que ninguém quer! Vale tudo!

– Naquela época eu tinha titica na cabeça e comprava tudo que aparecia pela frente.

– Gastei um dinheirão em micros clássicos. Agora acabou o dinheiro e eu quero vender tudo.

– Arrumei briga com minha esposa por causa da minha coleção.

– Meu foco na coleção é não ter foco. O que vier eu traço.

E por aí vai. Eu sempre comentei sobre ter foco na coleção, e do meu foco, que é Um MSX de cada fabricante. Claro que é possível fazer algumas concessões:

  • Eu tenho dois MSX 2 da Yamaha feitos para os mercados árabe e japonês (AX-350 e YIS-804);
  • Eu tenho 2 MSX da Toshiba, um HX-10 (MSX 1 vermelho) e o FS-TM1, que é um MSX 2 da Toshiba, mas com a cara de um FS-A1, da Panasonic… Só que branco. Foi vendido no mercado italiano;
  • Tenho um Frael Bruc 100, sabidamente um dos MSX piratas feitos no mundo (junto ao MSX argentino, da SBX).

Mas então, boiando no YouTube outro dia, eu achei dois vídeos interessantes de um canal de retrogaming que podem ser muito úteis para nós, colecionadores.

Continue lendo Um papo tangencial para o dia de hoje.