Arquivo da tag: Polônia

Site do dia: Z80 Chip Music Site

Um site polonês (mas felizmente escrito em inglês) que traz músicas que são geradas pelo Z80! Logo, são arquivos no formato MP3, com reprodução de som dos formatos AY, com um acervo bem bacana.

Um pouco de música para animar a sua segunda, além dos Retrohitz.

Tower of Rubble 64

No jogo Tower of Rubble, escrito por Flatgub para PC,você deve sobreviver o máximo de tempo possível, esquivando-se dos blocos que caem sobre sua cabeça, do colapso destes que te jogarão na água e, claro, de lasers que podem tostá-lo imediatamente… e tudo em um visual CGA de 4 cores!

Em Tower of Ruble 64, é a mesma coisa mas para o Commodore 64! Escrito pelos irredutíveis poloneses da revista Komoda & Amiga plus e tão viciante quanto a versão original.

( Indie Retro News )

Pegasus Family Game…

…ou, em um título mais comprido “como as crianças da Polônia descobriram o videogame em 1990” é um artigo bem interessante da revista digital polonesa Culture.pl sobre como o NES chegou acidentalmente à Polônia no começo da década de 1990; Claro, que não pelas mãos da japonesa Nintendo mas através de clone trazido diretamente Taiwan por um vendedor de jeans e batizado de Pegasus Family System.

Em tempo, uma história parecida mas que aconteceu na Nova Zelândia Rússia!

Commodore 64C balanceando cardan na Polônia

Este bichinho está trabalhando na mesma oficina há 25 anos e sobreviveu a uma enchente. Na verdade 27, a imagem é de quase 2 anos atrás mas só viralizou agora. Dica do chapa Frederico Zveiter.

Hacking de respeito com um ZX-Spectrum


Talvez vocês já tenham ouvido falar da história dos hackers poloneses que mexeram no sinal de TV com um ZX-Spectrum. Conhecem a história? Não? O Omicrono resolveu relatar ela toda para que vocês conheçam.

Cortesia do Omicrono e do KlaxMSX, via Twitter.

Pang para Atari XL/XE

Vocês lembram do jogo Pang, dos arcades? É esse aí do lado. Tem um monte de versões, se você for ver na Wikipédia (o primeiro link), irão ver que fizeram um monte de versões desse jogo. Em particular, no MSX houve uma versão, chamada Kpi Ball, da Matra.

Pois então, saiu faz um tempo a versão para Atari XL e XE, e foi um projeto de dez anos. Sim, DEZ ANOS. Tem gente que acha que é preguiça, e não é, é simplesmente falta de tempo. Tem uma matéria simpática e bem detalhada no Atarieca, sobre essa versão. Os autores são poloneses (como era de se esperar), o primeiro vídeo do jogo saiu em 2009 e em 2011, eles fizeram um editor de fases para o jogo! Vale a olhada.

Dropbox e Google Drive no Amiga!

 

 

 

 

 

 

Eu sou suspeito pra falar dos polacos, já que meu sobrenome denota a origem eslava da minha família. Mas tem muitos entusiastas de micros clássicos na terra dos meus avós, e em particular, o Krzysiek Radzikowski, que é um grande entusiasta da maior criação de Jay Miner. A ponto dele manter um podcast sobre o Amiga, e trazer entrevistas em texto com entusiastas do Amiga no mundo todo. E numa dessas, ele entrevistou Norbert Kett, programador e o cabra que fez, entre outras coisas, clientes para os populares serviços Dropbox e Google Drive… Para Amiga. E não é para os Amigas One X5000. Ele fez para os Amigas clássicos. E é interessante ler o relato dele, inclusive para ver a sua história, que é a de muitos de nós. Se você tiver interesse, vale a leitura, clique aqui. E se você quiser ler as outras entrevistas (tá tudo em inglês), pode clicar aqui que você vai gostar, mesmo não sendo fã dos Amigas.

 

Repórter Retro Nº 025

Este post foi ao ar sem o áudio por uma falha nossa. Corrigido.

O Seu Repórter Retro

Bem-vindos a mais uma edição do Repórter Retro.

Ficha técnica:

URLs do podcast:

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

Retrokomp 2014

http://retrokomp.org/wp-content/uploads/IMG_0352.jpg

Foi realizado no dia 8 de novembro no campus da Universidade de Tecnologia de Gdańsk , Polônia, mais uma edição da Retrokomp. E… Bem, quem  souber um pouquinho de polonês e quiser nos ajudar na leitura do site para ficarmos sabendo o que aconteceu será muito bem vindo, principalmente se identificar o computador no canto esquerdo desta foto!

Minicraft para Atari 800XL

Eu nunca joguei Minecraft, e confesso, nem sei direito do que se trata. Só sei que é um vício daqueles. O autor do Minecraft, Markus Persson, participou de uma competição de desenvolvimento de jogos em 48 horas, e daí saiu o Minicraft.

Pois então, um desenvolvedor polonês (não, não é meu parente), Vladimir Janković “Popmilo” (não, também não é parente do Popolon) fez um jogo baseado no Minecraft… Para Atari 800XL! 

minicraft-popmilo-atariteca

Segundo os entendidos (que estão nesse link aqui), você tem que cortar madeira, cavar minas, combater zumbis e fazer um abrigo. Bem, quem tem um Atari 800XL, dá um pulo lá e confere.