Arquivo da tag: Falecimento

Wammes Witkop seguiu para o céu dos pinguins azuis.

E você deve estar se perguntando: Quem é Wammes Witkop? Vamos lá, eu explico. Wammes era uma das eminências pardas da comunidade holandesa de MSX. Ele foi o publisher e o editor das revistas MSX Computer Magazine (MCM) e MSX Computer & Club Magazine (MCCM), que foram publicadas entre 1985 e 1997. Todas estão disponíveis para download aqui, mas é melhor você afiar o seu holandês.
Não o conhecemos, mas no post do MSX Resource Center, relata que as revistas que ele editava era uma das forças da comunidade holandesa MSXzeira nos anos 1990.
Wammes faleceu em 18 de junho de 2022, aos 70 anos de idade. Fica aqui o nosso abraço a todos que estão enlutados com o falecimento desde que foi definido como um “gigante gentil“, com um coração maior do que ele e uma personalidade marcante.

E se foi o “pai” do PRESS PLAY ON TAPE.

Não, gente, Jack Tramiel e Chuck Peddle já não estão mais entre nós. Mas nós chegamos atrasados… E relatamos o falecimento de Lou Ottens, o engenheiro holandês que criou a fita cassete, e que fez a alegria (e causou a ira) de muita gente como a sua primeira mídia de armazenamento de música e de dados. Quem não teve as suas fitas cassete para salvar seus primeiros programas em BASIC, quis pisar no gravador devido ao ajuste (errado) do azimute e reclamou horrores da baixa taxa de transferência?

Se você não passou por isso, sua existência foi mais fácil nessa época. Lamento muito, pois as fitas cassete forjaram profissionais que desenvolveram a paciência de um monge budista e uma fé inabalável na tecnologia de então. O jogo seria carregado e não veríamos a mensagem: ERROR na tela.

Mas era o que tínhamos na época. Assim que pudemos, saímos desse meio para irmos para outro meio de armazenamento, o disquete… Mas nos anos 1990, muitos nos IBM-PCs multimídia, começaram a usar outra mídia de armazenamento de massa que Lou participou no projeto: O CD.

Como você pode imaginar, Lou era engenheiro da Philips e chegou a ser chefe de desenvolvimento de produtos da multinacional de origem holandesa. A fita cassete foi criada por ele lá em 1960, depois da sua insatisfação com as fitas de rolo para ouvir música, e a não existência de outro meio ainda o fez criar a fita cassete: Uma mídia que cabia no bolso da sua jaqueta – que foi o modelo para o tamanho da fita.

Segundo o site Tenho Mais Discos Que Amigos (isso porque eles não são o Roberto Carlos) , foram vendidas mais de 100 milhões de fitas cassete — e este é um número que está aumentando, em pleno 2021, devido à repopularização do formato como alternativa ao consumo digital.

E eu falei do CD, né? Pois é, Lou também fez parte do time que desenvolveu os compact disks, nos anos 1970.

Lou Ottens faleceu aos 94 anos de idade no sábado, dia 6 de março de 2021.

Sorria se você sabe o que essa imagem significa.

Chuck Peddle (1937-2019)

Chuck Peddle, engenheiro eletrônico que projetou um dos microprocessadores seminais da Quarta Era da Computação, faleceu no último dia 15 de dezembro.

Para quem não lembra do que esse simpático senhorzinho aí do lado fez, recomendamos a audição dos episódios 20 (A e B) e 80 (A e B), onde falamos da maior criação desse engenheiro eletrônico nascido no Maine (EUA) e também do primeiro computador de grande sucesso baseado nessa sua criação.

Continue lendo Chuck Peddle (1937-2019)

[UPDATE] Ben Daglish (1966-2018)

Nessa correria nossa do dia a dia, esquecemos de mencionar o falecimento do prolífico compositor Ben Daglish, ocorrido em 1o de outubro último, vítima de um câncer de pulmão. Ben Daglish compunha principalmente para a Gremlin Graphics, mas produziu músicas para inúmeros jogos, para Amstrad CPC, Commodore 64, Amiga e ZX Spectrum. Aqui vão alguns jogos que eu resolvi destacar: Jack The Nipper (1 e 2), Auf Wiedersehen Monty (para C64, junto com Rob Hubbard, mas ele fez pra ZX Spectrum também), Terramex (ei, eu gostava desse jogo no MSX!), Death Wish 3 (eu adorava a música, além do jogo), a música dos créditos do Venon Strikes Back (muito boa)… Entre muitos, muitos, muitos e muitos jogos.

Aqui entre nós, ele participou da composição da trilha sonora do documentário “From Bedrooms to Bilions“, e no Retrohitz 81 tivemos algumas músicas da lavra desse compositor.

Que ele descanse em paz, compondo muitas músicas bacanas onde quer que ele esteja.

PS: Grato ao nosso grande chapa Marujo por ter lembrado de Death Wish 3 e Venom Strikes Back

Paul Allen, 1953-2018

Paul Allen, programador, co-fundador da Microsoft, criador, curador e mantenedor do Living Computer Museum (agora Living Computers: Museum+Labs) e mais um monte de outras coisas, faleceu hoje, aos 65 anos, de linfoma não-Hodgkin.

Em respeito a Allen, não teremos posts amanhã.

Paul Allen programando em um Teletype da Lakeside School, onde estudava. Ao fundo, Bill Gates observa.

Bob Wakelin segue o caminho de Alfonso Azpiri.

É com tristeza que viemos relatar que o desenhista inglês Bob Wakelin, autor de capas de vários jogos dos anos 1980, faleceu recentemente. Ele trabalhou desenhando quadrinhos para a DC (Batman) e Marvel (Star Wars), mas ele é certamente mais lembrado pelo seu trabalho como capista para os jogos da Ocean.

Vai aí uma lista de capas de jogos feitas por ele:

Operation Wolf, Midnight Resistance, Wizball, Daley Thompson’s Decathlon, Ninja Gaiden, Batman: The Caped Crusader, Billy The Kid, Renegade, The New Zealand Story, Head over Heels, Shadow Warriors, Mutants, Gryzor, Athena, Renegade III, Epic, Cabal, Mikie, Mr. Nutz, Kick Off 2, Thor, Green Beret, Where Time Stood Still, Target: Renegade, Gauntlet, Robocop…  Ele trabalhou também nas capas de vários jogos que originalmente eram japoneses e foram portados para máquinas ocidentais. Alguns aí em cima são esse caso. Você pode ver uma galeria de 17 capas feitas por esse artista nesse link aqui, do Hobby Consolas. Se você quiser conhecê-lo melhor, tem uma entrevista no Vice disponível aqui. Se você procurar um pouco, achará diversas matérias falando do trabalho desse grande artista. Que a família e os amigos possam ser consolados nessa hora de perda.

Alfonso Azpiri (1947-2017)

Essa foi uma notícia que nos pegou de surpresa: Alfonso Azpiri, desenhista da maior parte das capas e caixas de jogos espanhóis dos anos 1980, faleceu, vítima de um câncer. Sua última aparição pública foi na RetroMadrid 2017, autografando versões impressas de suas ilustrações, que tanto povoaram a imaginação de várias crianças e adolescentes dos anos 1980, tanto espanhóis quanto de outros países (como nós, brasileiros).

Azpiri fez as capas de jogos como Army Moves, Viaje al Centro de la Tierra, Nonamed, Abu Simbel Profanation, Camelot Warriors, Phantis (ah, Phantis…), Titanic, La Corona Encantada, Cobra’s Arc, Metropolis, Game Over II, MOT e mais recentemente, o poster que veio na edição especial do jogo Ghost, lançado e vendido na 51a RU de Barcelona.

Azpiri não era só ilustrador, mas quadrinista também, e envolveu-se com cinema e outras manifestações artísticas. Vai fazer muita falta. Que a família e os amigos recebam nosso abraço, e possam ser consolados.

Continue lendo Alfonso Azpiri (1947-2017)

E foi-se Satoru Iwata…

Satoru IwataBem, se você está minimamente atento ao falatório recente, nas comunidades gamers, em grupos de WhatsApp, deve estar ciente do falecimento do presidente da Nintendo, Satoru Iwata.

Você deve saber também que ele foi o quarto presidente da Nintendo em pouco mais de 100 anos, e lançou o Wii e o Nintendo DS… Mas afinal das contas, o que ele tem a ver com retrocomputação?

Pois é, ele começou sua carreira no desenvolvimento de jogos na HAL Laboratory, que todo MSXzeiro conhece, devido a criações como o Halnote, Eggerland Mystery, Gall Force, Hole in One, Inspecteur Z, Dunk Shot e principalmente Rollerball, jogo que o próprio Iwata desenvolveu.

Olha o nome do homem ali, como produtor!
Olha o nome do homem ali, como produtor!

Aliás, em 1983 ele era o coordenador de desenvolvimento da HAL, então ele tem importância no desenvolvimento da maioria dos jogos (senão todos) q saíram para o “computador japonês das três letrinhas”.

Nossos respeitos e sentimentos à família, e a toda a comunidade de fãs do trabalho desse sujeito genial, que veio da HAL para a Nintendo e marcou história na indústria de videogames, que atualmente anda tão “mais do mesmo”… Mas isso é outra história.

“No meu cartão de visitas, eu sou um presidente corporativo. Na minha mente, eu sou um programador de jogos. Mas no meu coração, eu sou um jogador”

— Satoru Iwata

Pierluigi Piazzi (1943-2015)

jau2k-26Rubem Alves dizia que “Ensinar é um exercício de imortalidade. De alguma forma continuamos a viver naqueles cujos olhos aprenderam a ver o mundo pela magia da nossa palavra. O professor, assim, não morre jamais…

Ontem tornou-se imortal um dos grandes heróis da computação nacional, o professor Pierluigi Piazzi. Microhobby, Editora Micromega, Editora Aleph, Gradiente… E toda uma grande quantidade de pessoas influenciadas pelo seu trabalho, escrevendo artigos, livros, lecionando, explicando sobre microcomputadores nos anos 1980, em especial o MSX e o ZX-81. Muitas profissões foram definidas, gostos foram ajustados, vidas foram influenciadas, e o nosso “muito obrigado” pelo seu trabalho constante e incessante.

O velório foi no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, e o sepultamento será no dia de hoje, 23 de março. Em respeito à memória e ao legado do prof. Pier, não teremos postagens pelos próximos dois dias, voltando às nossas atividades normais no dia 25 de março.

Continue lendo Pierluigi Piazzi (1943-2015)

Nota de falecimento (atrasado)

Informa nosso amigo Marcus Garrett:

Faleceu aos 84 anos, Ian McNaught Davis, um dos apresentadores do famoso programa (no Reino Unido) “The Computer Programme“, o programa de TV que fazia parte do “BBC Computer Literacy Project” para que as pessoas, em casa ou na escola, pudessem começar a tomar contato com o mundo dos computadores – e também começar a programar, acompanhando os episódios, em seus próprios BBC Micro.

Se ficaste curioso, pode ir nesse link do VHistory para conhecer mais, e no YouTube, acessar o canal do Jesús Zafra, que todos os 10 episódios estão lá.