Arquivo da tag: Anos 90

Mosca Branca do dia: WorkBoy

Inspirado ao ouvir, no último Repórter Retro, a menção ao estrambótico cartucho que faz o Game Boy navegar na Internet, nosso parça Emiliano Fraga nos enviou este vídeo de dezembro de 2020 que por algum motivo passou batido pela gente.

Liam Robertson, do canal DidYouKnowGames?, descobriu (e botou pra funcionar!) um acessório que transforma(ria) o Game Boy num PDA, quase um computador pessoal, e que deveria ser lançado no início de 1993 mas foi arquivado. No máximo 2 exemplares deste bicho ainda existem. Talvez este seja o único.

Ative as legendas e conheça mais um tesouro desenterrado da Retrocomputação:

Curiosidade deprimente do dia

Você sabia que o lançamento do Sega Dreamcast está mais próximo, no tempo, do lançamento do Atari 2600 que do dia de hoje?

Velho, não. Clássico. Velho é o seu PC. Isso se aplica aos três.

Agradecemos (ou melhor, xingamos) o Leandro Gomes do grupo do Canal-3 pela informação que enriqueceu nosso dia. #sqn

Meme retrocomputacional do dia


E antes que venham reclamar: não, Internet Explorer não é offtopic, já que ele foi lançado oito dias antes do nosso ponto de corte.

Mosca Branca do dia: LUNA-88K² e D/CAS

Workstation UNIX japonesa de 1992, baseada no 68030 88100 da Motorola. Até aí, interessante, legal, mas nada de mais. O tchan está no armazenamento.

Ele usa um bixistranho chamado D/CAS, que parece um filho bastardo da fita cassete clássica e da DAT. Tem exatamente o mesmo formato do cassete normal, com algumas diferenças visuais bem sutis:

  • Um chanfro na parte de cima, para o leitor poder recusar cassetes normais
  • A aba de proteção contra escrita é diferente (e reversível)
  • Não tem o feltro que empurra a fita contra a cabeça num cassete normal

Cabem 160 MB numa fita, o que para 1992 é bem aceitável. Veja as fotos:
Continue lendo Mosca Branca do dia: LUNA-88K² e D/CAS

Live sobre jogos clássicos de microcomputadores amanhã!

Acessível neste link. (Ou clique na imagem aí do lado.) RetroSC informa:

Nesta quinta-feira, 25/06, a partir das 21:00, Eduardo Loos, membro do RetroSC participará de uma live do canal WarpZone, juntamente com mais 5 pessoas, para uma conversa sobre jogos antigos de computadores pessoais, nos anos 80 e 90. Prestigie!!!!

(Via)

Pela nossa contagem, esta lista da Cracked é 37% on-topic.

27 Momentos Inovadores que Moldaram o Mundo Moderno. Contamos 10 que merecem menção. Sua opinião pode ser diferente. (Por favor, compartilhe-a nos comentários!)
Continue lendo Pela nossa contagem, esta lista da Cracked é 37% on-topic.

[Semi-OFF] Memórias da Era dos BBS’s II, a Missão

Há duas semanas, esbarrei em algo do tempo do BBS. Ontem, foi a vez de outro algo esbarrar em mim.

Membro novo no projeto lá no trabalho — Juan, por favor oriente nosso novo colega pra fazer os acessos blá blá blá sistemas piriri pororó detalhes técnicos esotéricos pereré pão duro proxy SSH autenticação whiskas sachê. Tá. Xacomigo.

Continue lendo [Semi-OFF] Memórias da Era dos BBS’s II, a Missão

[Semi-OFF] Memórias da Era dos BBS’s

Coisas que a gente esbarra quando está empacotando coisas pra mudança.

No meio da década de 1990, o modo dominante de se “estar online” eram os BBS’s. A Internet ainda estava engatinhando no Brasil. Sim, na nossa Lista de Promessas Infinitas para o podcast consta um episódio sobre BBS. Quando acontecerá, não sei, mas se um asteroide não atingir a Terra antes esse episódio acontecerá. Com certeza.
Continue lendo [Semi-OFF] Memórias da Era dos BBS’s

Blake e seu velho PC da era dos “kits multimídia”

Já mencionado aqui mês passado. Blake “Sótão dos Bytes” Patterson está progredindo na recriação do seu velho PC que era bom de tocar MOD. Clique na imagem pra acompanhar a saga.
Continue lendo Blake e seu velho PC da era dos “kits multimídia”

Blake Patterson quer brincar de MOD e Demos.

Num 486. Sim, como não cansamos de dizer no podcast, velho é o seu PC. O que não quer dizer que ele não possa ser divertido.

Num arroubo de nostalgia do PC ultra-mega-power-hiper-bombado que ele montou em 1994 (486DX2/66, 16M RAM, HDs e CD SCSI, Gravis Ultrasound, Zip drive e o diabo a quatro) — arroubo esse inspirado pela notícia de que um certo tocador de MODs para MS-DOS ainda recebia atualizações em 2008 — ele resolveu relembrar o velho amigo no DOSBox.

cmodSó que a qualidade da emulação de som deixou a desejar (viram, crianças, é por essas e outras que a gente prefere hardware original) e aí ele meteu na cabeça que vai recriar o velho e querido PC multimídia da juventude. Os retronerds do mundo desejam-lhe sucesso.

E antes que eu me esqueça, sim, é deste Blake Patterson que estamos falando.