RetroRio: É amanhã!


Finalmente está chegando o grande dia! A RetroRio 2022, de forma presencial, ocorrerá amanhã, 6 de agosto. E o que temos a dizer a respeito?

Vamos lá…

  1. No momento em que vocês lerem esse post, eu, Rogério Belarmino, João Cláudio Fidélis e o David (um amigo que nos ajudou com a divulgação no Facebook) estaremos a caminho do local para arrumar tudo.Por tudo, entenda: Preparar o espaço, arrumar mesas, colocar etiquetas, já montar o nosso material em exposição, etc, etc, etc e etc. Muita coisa a ser feita. Pode ser que apareça algo no nosso Instagram, então fique de olho.
  2. Até o momento temos treze pessoas que se inscreveram, o que é uma marca expressiva. Serão necessários cerca de 30 mesas. Logo, alugamos mesas e cadeiras para atender a todos. Quem for usar mesa, por favor, ajude-nos a pagar o aluguel das mesmas. Qualquer 1000 reais resolve, mas se você não é tão desprendido, pode dividir essa quantia por 100 que já nos daremos por muito felizes e agradecidos. Sim, 10 reais resolve.
  3. Teremos itens para venda. É claro que as camisas do grupo MSXRio estarão lá disponíveis para compra, assim como cordões de crachá e de pendrive, canetas, adesivos, o livro “O MSX-DOS Revelado”, os nossos baralhos de cartas… Mas também teremos hardware para venda. São dois Retro-PCs (ou seja, velhos) plenamente funcionais: Um Pentium II 266 Mhz com 768 Mb de RAM e um Sempron com 2 Gb de RAM. Ambos com placa de som, modem, rede, leitor de CD, gravador de DVD… Eles estão sem HD, mas ambos foram testados e estão funcionando. Se você quiser montar seu retro-PC… Além deles, temos algumas placas-mãe de PC (ou seja, velhos), teclado, scanner… Tudo isso será vendido no estado. Esses itens foram doados para nós, então todos os valores que forem arrecadados, serão remetidos ao nosso caixa, que é o que permite que o nosso encontro tenha entrada gratuita. São esses recursos que pagam os custos do encontro.
  4. Não serão só nós que venderemos coisas, atenção. Outras pessoas levarão itens para expor e vender. Reserve um dinheiro, calibre o PIX, separe o cartão. Esperamos presenciar bons negócios.
  5. Se você reservou mesa, fique tranquilo, tem mesa para você lá. A gente identificará as mesas com seu nome nelas, de forma a evitar confusão. Agora, se você não reservou… Aí complica. Só se sobrar mesa, ou então você terá que contar com a boa vontade de alguém ceder espaço na mesa para você expor seu micro lá.
  6. Se você for expor, traga filtro de linha ou estabilizador, e adaptadores de tomada. A gente deve estar nesse momento passando a fiação, ligando tudo, identificando as mesas… De forma que todos tenham o mínimo trabalho no sábado.
  7. Sobre refeições no dia… Não teremos almoço, mas teremos lanches para venda. E note que isto não é por nossa conta, mas pela direção do Lar do Méier.
  8. Chegou no local, portão fechado? Toque a campainha que a gente abre o portão. Poderá não ser lá muito rápido, mas a gente abre sim. Se vieres de carro, tens onde estacionar a custo zero, sem problema. Se vieres a pé, entras pelo portão de pedestres e siga as placas.
  9. Quanto à divulgação de última hora, se você puder nos ajudar, pode pegar a imagem que ilustra esse post e sair replicando por aí. Ajuda bastante.
  10. Talvez tenhamos conteúdo ao vivo no nosso canal no YouTube e/ou no Instagram, então quem for de fora do Rio, fique ligado.
  11. E que venha a RetroRio, no sábado! Nossos votos que esse evento seja maior e melhor do que os anteriores.

Agradecimentos

E quero mais uma vez agradecer a algumas pessoas que deram uma força na divulgação:

  1. Primeiro ao meu amigo de fé retro e irmão camarada Marcus Garrett, da Bitnamic Software, da Revista Jogos 80, dos documentários 1983 e Loading e de tantas empreitadas, pela força na divulgação. No cenário retrocomputacional e retrogaming nacional, não tem quem não conheça o Garrett. E se você não o conhece, já fique sabendo que você está errado.
  2. Em segundo, ao meu amigo Mario Cavalcanti, meu editor na Clube MSX, que mencionou a gente no Facebook, Twitter e Instagram. Acho que não preciso apresentar a Clube MSX aqui, né? Aliás, você já garantiu sua edição no. 15? Tem artigo meu lá, inclusive.
  3. Em terceiro, ao Paulo Vinícius Radtke, o PV, e o seu canal Jogos Mofados, que deram uma divulgada na gente, tanto no Instagram quanto no Facebook. O canal do PV tem sido uma grata surpresa, por ver conteúdo de qualidade, relacionado a MSX (raro de ver no Iutubiu), e ainda em português. Recomendo a todos.
  4. Em quarto, agradecer ao meu chapa DG, do canal Muambros, que também divulgou a gente. Eu assisto sempre que posso os vídeos do Muambros, mesmo porque eu também gosto de uma caçadinha na feira… Mas videogame não é minha praia. E o DG, dono do canal de caçadas mais carioca que existe na face da Terra, se tornou um amigo e eu virei um ponto de referência para tirar dúvidas de micros clássicos. Outro canal que eu indico.
  5. Em quinto, ao Ed, do canal Aperte Start. Ele divulgou no seu Stories, no Instagram, mas não achei o link. Mas ele disse que divulgou. O canal do Ed tem mais foco em videogames, mas ele é MSXzeiro também, vejam só vocês. Se você quiser saber porque o 3DO foi um fracasso (além da urucubaca rogada por todos os MSXzeiros do mundo), tem um vídeo bem bacana no canal dele explicando tudo.

E chega de texto. Nos vemos no sábado. Até lá!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.