Sophie Wilson e algumas (muitas) palavras sobre o ARM

Uma entrevista em três partes feita pela ARMdevices.net com nada mais nada menos que a criadora do conjunto de instruções (a.k.a. o assembly) dos processadores ARM.

Por si só já seria um motivo para publicarmos aqui, mas acontece que a entrevista foi gravada no Museu de História da Computação em Cambridge/UK e além de ter um desmanche de Acorn Archimedes há uma pequena aula de assembly em um RiscPC e vários coadjuvantes (clássicos) ao fundo.

A segunda parte está aqui…

…e a terceira (e última) aqui:

Preparem os baldes de pipoca pois tem mais de uma hora de vídeo ! 🙂

0 pensou em “Sophie Wilson e algumas (muitas) palavras sobre o ARM

  1. Se os homofóbicos descobrirem que essa grande pesquisadora é transexual (nasceu Roger Wilson in Leeds, Inglaterra, em 1957) garanto que não usarão mais nenhum dispositivo que faça uso de processadores ARM….rsrsrsrs

      1. Será que o Malafaia e o Bolsonaro (e sua legião de apoiadores) abririam mão de usar seus i-phones e androids?

        1. Eles deveriam fazê-lo e boicotar estes instrumentos de perdição que são o computador e a Internet 🙂

          1. Verdade, estavamos citando “apenas” os transgêneros e transexuais, mas se formos ampliar o escopo para os os homossexuais (assumidos) que são proeminentes na indústria da tecnologia, internet,etc não poderia deixar de ser citado o atual CEO da Apple, Tim Cook! Ei Waldomiro, ei Malafaia! acho que vocês tem de fazer uma sessão de “descarrego” (não apenas da bateria) dos seus i-phones no próximo culto…. 😉

          2. Se expandirmos, tem o Eric Allman, criador do Sendmail, que hoje está casado com Marshall Kirk McKusick, um dos principais desenvolvedores da “família” BSD.

            Sem contar o Alan Turing, que dispensa comentários.

    1. Jaime, se isso acontecesse o mundo se tornaria um lugar bem melhor para se viver… deveriamos fazer uma vaquinha e colocar essa informacao em outdoors. 😉

      1. Concordo com você!! pesquisei e encontrei também um outro caso interessante de um(a) visionário(a) transexual que foi muito importante para que os satélites de telecomunicações se tornassem uma realidade, o nome é Martine Aliana Rothblatt e por ai vaí…

          1. taí uma sugestão para um tópico: Cientistas transgeneros e transexuais e suas contribuições para a humanidade (aqui com enfase na tecnologia). Seria algo positivo para mostrar que como o preconceito é algo sem sentido pois mostra que o talento, a inteligência e os valores éticos e morais independem do genêro, raça,religião, etc!

        1. Dentro do condomínio ‘wordpress.com’ eles permitem que usuários possam marcar com ‘like’ publicações e comentários; acho estranho não deixarem fazer o mesmo nas versões independentes.

    1. Está bem, o vídeo é muito legal com a coisa de que é bom nem pensar nestes 60 bilhões de ARM por aí, a parte da explicação do assembly do ARM eu dei uma pausa pra me preparar psicologicamente.