Consertos, reparos e apertos de parafusos.


  • Estamos consertando tudo que é preciso ser consertado. Logo, estamos mexendo no feed RSS do podcast. Todos os posts dos episódios do Repórter Retro e dos Retrohitz já estão com os respectivos episódios corrigidos. Logo, basta entrar e dar um play para ouvir diretamente no site. Aliás, por que não revisitar os primeiros? Vale a pena ouvir e ver como melhoramos. Agora falta mexer nos episódios em si, e ainda temos que ir do primeiro (o 0) até o 114B. Vamos ter que fazer um mutirão para resolver isso…
  • Estamos também acertando nossas inscrições nos diversos lugares onde podemos ser achados. Vários já estão funcionando: Spotify, Deezer, Google Podcasts, etc. Outros, como o diretório de podcasts da Apple, demorará um pouco (por causa da burocracia da própria Apple). A novidade é que estamos disponíveis agora em mais serviços do que estávamos. Logo, não é desculpa para nos ouvirem! Até em diretório de podcast árabe nós seremos encontrados. Vai que a comunidade árabe de MSX resolve ouvir a gente? Pretendemos ter uma página para quem quiser assinar nosso podcast em algum serviço que não os mais comuns, para poder assinar lá também – sabia que é possível assinar nosso podcast por e-mail e receber cada episódio na sua caixa postal? É, eu também não sabia. Mas será possível sim, em breve!
  • Pretendemos retornar com mais artigos em breve. Desde quando resolvemos focar mais em conteúdo próprio e menos em notícias, sabíamos que a quantidade de postagens cairia. Mas não esquecemos nossos leitores e ouvintes. Estamos trabalhando nisso – inclusive com chicotes e grilhões atados aos pés dos articulistas.
  • Temos novidades para tratar por aqui: Kazuhiko Nishi continua com a história do MSX 3 (sim, nós lemos), novidades quanto ao já nada secreto Omega MSX que eu estou montando, entre outras. No momento, a prioridade é terminar a edição do episódio 132 (aliás, vocês assistiram?) para publicá-lo em julho. Felizmente, nesse caso, está bem adiantada. Logo, em breve teremos novidades em texto.
  • Ah, vocês se interessariam por um canal no Telegram? Temos visto vários sites com esse recurso agora, e pensamos se seria legal publicarmos também nessa rede social. Comentem aí embaixo se vocês se interessam.
  • Enquanto escrevo essas linhas, sugiro que você ouça essa playlist aqui, do usuário ToughkidCST. Um tanto de músicas relacionadas a MSX, várias com melhorias no som… Estou ouvindo enquanto escrevo aqui.

Em breve, mais novidades!

PS: Me dê dez parafusos, mas não me dê um único encaixe. Odeio encaixes.

2 pensou em “Consertos, reparos e apertos de parafusos.

  1. Canal no Telegram? Um monte de retrocomputeiro junto falando sobre como o seu micro clássico é melhor que o do outro? QUERO!

  2. Obrigado por habilitarem o feed RSS das notícias (e não apenas do podcast)!

Os comentários estão fechados.