Episódio 112 – Os 8 bits da Acorn: Parte B

retrocomputaria_vitrine_570x190

Bem-vindos ao episódio 112 do Retrocomputaria.

Sobre o episódio

Já falamos de Amstrad, já falamos de Sinclair… bom, faltava falar de Acorn, né? Agora não falta mais. Por enquanto, apenas dos 8 bits, mas enfim.

ASSISTAM MICRO MEN (SIM, NÓS DISSEMOS ISTO NA PARTE A)!!!

Nesta parte do episódio

Mais BBC Micro e como trouxe fama e fortuna à Acorn, os Acorn Business Computer, o Acorn Electron, os problemas financeiros que fizeram a Acorn virar subsidiária da Olivetti (e tem Lehman Brothers no meio!), os BBC Master, a vida de Chris e Hermann pós-Acorn e, claro, todo o legado… inclusive um certo chip aí.

ASSISTAM MICRO MEN!!!!

Links do podcast

ASSISTAM MICRO MEN!!!!

Música de fundo

BBC Micro, BBC Micro e mais BBC Micro.

ASSISTAM MICRO MEN!!!!

Ouvindo este episódio offline

Baixe o ZIP, descompacte e ouça com seu tocador de música preferido.

Onde este episódio (e todo o Retrocomputaria) está disponível

Os episódios do podcast estão, como todo o conteúdo do Retrocomputaria, em muitos lugares: Spotify, YouTube, Google Podcasts, Apple Podcasts, Deezer e, usando nosso feed RSS, qualquer programa para escutar podcasts.

Seu comentário é o nosso salário

Não se esqueça de deixar seu comentário aí embaixo; afinal, seu comentário é o nosso salário. No entanto, caso você prefira, entre diretamente em contato conosco.

5 pensou em “Episódio 112 – Os 8 bits da Acorn: Parte B

  1. O legado foi apenas o soft simulador, que rodava programas 32-bit no bichinho 8-bit.

    Mereciam até uma TAG de ‘cuidado, conteúdo irônico’ datilografada em Olivetti manual.

  2. Muito bacana, tinha muita estória (e história) da Acorn que eu não conhecia.
    Mal posso esperar pela série de 32 bits, que na época perdeu a queda de braço com os outros processadores, mas hoje em dia nada de braçada nos espertofones e já vemos tendências de que vai abraçar com força o mercado de PCs.
    Nota: Trocadilhos intencionais!

    1. Firma mudou de dono. Uso industrial/automotivo vai focar código thumb 16-bits, como o mercado de games já corrobora.

      Demanda por PCs é maluca, talvez em cinco anos sequer mais os fabriquem, apenas atualizem placa de video, armazenamento, conectividade.

  3. Cadê o episódio no Feed do Podcast? Não tá chegando no RSS

Os comentários estão fechados.