Episódio 5 – Parte C – Brasil

retro005c

Este é o episódio 5 do Retrocomputaria Podcast. Nesta parte falamos de clones de TRS-Color (CP400 e o vaporoso TKS800), os “alienígenas” Sysdata MicroColor (clone do Tandy MC-10), TK2000 e MC-1000 (continuamos sem saber o que é o MC-1000) e porque o ponto de corte do nosso episódio é 1985.
E temos uma estreia no Retrocomputaria! A primeira participação do Sander, nosso quarto elemento. (antes que perguntem, o Anônimo foi promovido a quinto elemento)

Esperamos seus comentários sobre o episódio, e esperamos que gostem!

Ficha técnica:

  • Participantes: Ricardo, João, Cesar, Sander e o Anônimo.
  • Duração aproximada: 60 m.
  • Músicas de fundo:
    • Projeto Pulselooper, com “Grayscale Skyline” (2010).
    • Projeto Fuzzy, com “Pac Man Pills” (2010).

OBS: Ambos do selo Chippanze.

Siga-nos no Twitter: @retrocomputaria. Envie-nos um email também, caso você prefira. Ou então comente aí embaixo. Nós iremos ler, acreditem!

0 pensou em “Episódio 5 – Parte C – Brasil

  1. Input, Micro Sistemas… Foi lá que aprendi a base e me apaixonei por informática. Sem contar a Nova Eletrônica, que lançou o kit NE-Z80 e um curso de Basic, que me permitiu fazer meu primeiro programa.Episódio muito bom!

  2. MSX Gradiente(447 membros) Comunidade do orkutUsuario doa livros do gradiente MSX ou vai colocar no lixo….Mensagem originalç”14 junRicoPAsso livros de MSX.Olá, todos.Estou passando adiante os seguintes livros: “Jogos MSX, vol. 1” e “Desenhos Básicos para MSX”, da McGraw-Hill e Editora Aleph, respectivamente. Ambos da década de 80.Estou no Rio de Janeiro e não tenho tempo para postar por correio. Portanto, só leva quem puder apanhá-los.Quem tiver interesse, entre em contato. Se ninguém se manifestar em 20 dias, vou jogá-los no lixo.”Li isto no orkut e achei um absudo, doe para uma biblioteca ENTAO!!!

  3. Fala pessoal,Estou adorando esses podcasts. Parabéns!Só levantando uma dúvida sobre o que o João comentou sobre o CP400 ter sido feito por um “designer italiano”, acho que isso é meio conversa pois o design do CP400 é claramente baseado no Timex Sinclair 2068 (americano) um clone “alienígena” (não totalmente compatível) do Spectrum.http://pt.wikipedia.org/wiki/Timex_Sinclair_2068Já que o timex foi lançado no final de 83 e o CP400 em 1984, fica aí a dúvida. Até o cartucho tem alça igual ao do CP.Abs,Daniel

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.