Triton Quick Disk para Commodore 64

triton_qd

Típica coisa que parece ter vindo de uma realidade alternativa mas apareceu no eBay neste universo e foi vendido pela bagatela de £125 (sim, leilão já encerrado e portanto sem possibilidade de apontar para ele).

Mas mesmo assim ainda dá pra falar um pouco, os Quick Disks — ou apenas QD para simplificar — foram discos magnéticos desenvolvidos pela Mitsumi , com capacidade de 100KiB, tamanho de 3″ (ou 2.8″), duas faces (sim, lado A e lado B)eusados nas unidades de processamento de texto da Smith Corona, no Famicom Disk System da Nintendo (com uma embalagem diferente), em teclados MIDI e, vejam só, também no Commodore 64!

qd

Foram desenvolvidos pela britânica Radofin Electronics e obviamente vendidos como uma alternativa aos drives IEC, os 1541 e 1571.

( Vintage is the New Old )

5 pensou em “Triton Quick Disk para Commodore 64

  1. Esses discos de 3″ que o Triton QD usa são diferentes dos Hitachi de 3″ que a Amstrad adorava, certo?

    1. Sim, tanto que são também chamados de 2.8″ para não se confundirem com seus irmãos “cartão postal” da Hitachi. Interessante notar que no final ganhou a praticidade. Os 2.8″ da Mitsumi davam ~120kiB (por lado), os 3″ da Hitachi 360KiB juntando os dois lados. Enquanto isso os 3,5″ da Sony entregavam 360KiB num lado só em seguida um”mundaréu” de 720KiB. Ou seja, ganhou quem dava mais armazenamento sem precisar ficar trocando entre lado A e B do disquete 🙂

  2. “Disco de 2 caras”, isso me lembra algumas histórias do Batman…

    Estou com um disco para o Famicom Disk System e este tem, além da embalagem diferente, uma proteção para a criançada não meter o dedão na mídia. Estes estão ficando cada vez mais raros de achar, pelo menos por aqui…

    Seria este formato o avô dos disquetes de 1.44MB?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.